A Paraíba o tempo todo  |

Deputado paraibano faz ‘figa’ para que Wilson Santiago dispute majoritária

A disputa eleitoral do próximo ano, que promete ser bastante acirrada, tem tirado verdadeiramente o ‘sono’ de vários deputados em face da possibilidade do ex-senador Wilson Santiago (PTB) vir a disputar novamente um mandato de deputado federal e com isso o seu ‘pupilo’ Wilson Filho (PMDB) pode ser alçado à disputa na Assembleia Legislativa em 2014.

Ou seja, uma postulação de Wilson Filho afetaria significativamente as bases de alguns deputados detentores de mandato e em especial um parlamentar tem demonstrado reservadamente desconforto com a postulação, Gervásio Maia Filho que está bastante impaciente com o surgimento de um novo inimigo, concretizando-se a articulação, seria o mais prejudicado, pois verá as seus principais redutos invadidos.

""

Sem ter o que fazer e sem ter a ‘caneta’ governamental como na eleição passada, ‘Gervasinho’ faz figa para o sucesso de Santiago, e que consequentemente o líder do PTB paraibano dispute um mandato de senador ou até mesmo de governador no próximo ano, sob pena de ter a sua reeleição ameaçada.

 

Sobre o assunto, o PB Agora ouviu o ex-senador Wilson Santiago que minimizou qualquer abalo na reeleição de Gervásio Maia Filho afirmando que é natural tal cogitação.

 

“No que se refere à apreensão de alguém, não tem razão de ser, Gervasinho tem uma base consolidada na Paraíba, Gervasinho é um deputado de cinquenta mil votos, não há como se preocupar com qualquer candidatura nova que surja, quem tem sua base não há do que temer, essa é a grande verdade”.

 

Enquanto o cenário continua indefinido, Gervasio Maia coloca as ‘barbas’ de molho, pois sabe que o cenário hoje já é difícil, imagine uma disputa com um grupo organizado, bem estruturado financeiramente e com um deputado jovem e com disposição de ser o mais votado no próximo pleito?

 

O PB Agora permanece atento aos bastidores da política paraibana.


Henrique Lima


PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe