O deputado estadual Moacir Rodrigues, um dos dois únicos eleitos pelo PSL na Assembleia Legislativa da Paraíba, voltou a ser piada, nesta quinta-feira (15), quando sua assessoria de comunicação divulgou nas suas redes sociais arte no qual parabeniza os 09 anos da criação da Lei Ficha Limpa, até aí tudo bem, mas no texto da arte existe um erro de grafia.

Diz o post: “Lei da Ficha Limpa. Defendo e apoio. 09 anos de Vingência. Deputado estadual Moacir Rodrigues”, o correto é vigência. No último dia 06 de junho deste ano, o parlamentar ao tentar defender o presidente Jair Bolsonaro (PSL) virou piada no parlamento. Tudo aconteceu quando o deputado, ao tentar rechaçar a moção de repúdio que foi apresentada contra o presidente da República, trocou as letras e em vez de moção, Bolsonaro deveria ter ‘noção.

“Eu acho que Bolsonaro, primeiro lugar, a noção (sic) deveria ser de parabenizar por não roubar e não deixar roubar. Noção (sic) de repúdio aos ladrões (sic) que passaram aí 13 anos assaltando o Brasil. Bolsonaro está de parabéns”, disse Moacir Rodrigues.

A Moção de Protesto ao presidente da República foi apresentada por Cida pela liberação de 169 produtos agrotóxicos. O repúdio é extensivo à ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 

Redação

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…

TRF-5 deve retomar julgamento de processo contra Enivaldo Ribeiro

Nos próximo 15 dias deverá ser retomado, pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), o julgamento do processo da Operação Sanguessuga envolvendo o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro.…