O deputado estadual Moacir Rodrigues, um dos dois únicos eleitos pelo PSL na Assembleia Legislativa da Paraíba, voltou a ser piada, nesta quinta-feira (15), quando sua assessoria de comunicação divulgou nas suas redes sociais arte no qual parabeniza os 09 anos da criação da Lei Ficha Limpa, até aí tudo bem, mas no texto da arte existe um erro de grafia.

Diz o post: “Lei da Ficha Limpa. Defendo e apoio. 09 anos de Vingência. Deputado estadual Moacir Rodrigues”, o correto é vigência. No último dia 06 de junho deste ano, o parlamentar ao tentar defender o presidente Jair Bolsonaro (PSL) virou piada no parlamento. Tudo aconteceu quando o deputado, ao tentar rechaçar a moção de repúdio que foi apresentada contra o presidente da República, trocou as letras e em vez de moção, Bolsonaro deveria ter ‘noção.

“Eu acho que Bolsonaro, primeiro lugar, a noção (sic) deveria ser de parabenizar por não roubar e não deixar roubar. Noção (sic) de repúdio aos ladrões (sic) que passaram aí 13 anos assaltando o Brasil. Bolsonaro está de parabéns”, disse Moacir Rodrigues.

A Moção de Protesto ao presidente da República foi apresentada por Cida pela liberação de 169 produtos agrotóxicos. O repúdio é extensivo à ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em nota, Assembleia lamenta morte do ex-deputado Marcus Odilon

Em nota emitida na manhã desta segunda-feira (24), o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, lamentou a morte do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon.…

Eleições de 2020 trazem novas regras e preveem limitação no autofinanciamento

Mais de 153 milhões de eleitores vão às urnas neste ano para eleger prefeitos e vereadores. Criminalização de fake news, boca de urna eletrônica e restrições aplicadas às campanhas podem…