A Paraíba o tempo todo  |

Deputado destroça ninho tucano

O deputado estadual João Gonçalves (PSDB, na foto ao lado) voltou a afirmar neste final-de-semana, que o seu agrupamento político está realmente “partido”, de maneira irreconciliável. Um lado do ninho tucano permanece apoiando firmemente a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) e o outro, continua fiel ao projeto de reeleição do governador José Maranhão (PMDB).

“Eu? Vou com Zé15”

Reeleito, João (3º melhor colocado da futura bancada do PSDB na “Casa de Epitácio Pessoa”, no pleito deste ano) me disse que ele só reafirmou o apoio ao governador José Maranhão, agora no 2º turno, após ouvir alguns eleitores, principalmente na base política originária do seu mandato, no bairro de Cruz das Armas.

Reconciliação é descartada

Ele acha que não existe a menor possibilidade de se fazer um Encontrão Tucano no próximo ano (depois do Carnaval), para decidir os rumos da legenda, que está irremediavelmente rachada entre as lideranças do ex-governador Cássio Cunha Lima e do senador Cícero Lucena (presidente do diretório estadual do PSDB).

Se Cássio fica, Cícero sai…

A solução para resolver este grave problema é fácil, na visão dele: “Um dos dois tem que sair urgentemente do partido”, garante o parlamentar, que obteve 25.542 votos, agora no pleito do dia 3 de outubro, sendo o 25º mais votado para a Assembléia Legislativa.

Duplamente abandonado

O deputado tucano reeleito diz que foi recentemente abandonado pela cúpula do seu próprio partido por duas vezes, sendo a primeira delas na campanha para prefeito de João Pessoa, em 2008 e também agora, no pleito estadual, em 2010. Bastante magoado, João se queixa tanto da falta de apoio da parte de Cícero, quanto da ausência de Cássio no palanque dele.

Excluído do próprio guia

O parlamentar revela que o motivo mais recente para suas mágoas é o fato dele ter sido boicotado no Guia Eleitoral da sua própria coligação, integrada pelas siglas do PDT, Democratas, PSB e PSDB. João justifica esta reclamação porque suas inserções programadas nas planilhas partidárias não foram ao ar no rádio e TV, como de fato deveriam, prejudicando a exposição do nome dele entre as opções de voto constantes no guia do TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

Migalhas, mentiras e ilusões…

Ele agora vive cantarolando, de um lado para o outro, em qualquer lugar por onde anda, a música “Maior Abandonado” (sucesso gravado pelo falecido cantor Cazuza, junto com a banda de rock nacional Barão Vermelho, no início dos anos 1980). Para relembrar este top one da hit-parade, basta clicar no link:

http://www.youtube.com/v/hh4HWgPfdvw?fs=1&hl=pt_BR 

O mandato continua

João Gonçalves, que também é o presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Assembléia, deve anunciar nesta terça-feira, quais os nomes dos relatores da LOA (Lei Orçamentária Anual) e do PPA (Plano Plurianual) do Estado, encaminhados pelo atual governador para ser executado a partir de janeiro de 2011.

Doação de filho para mãe

O deputado revelou um fato familiar curioso, ocorrido recentemente, no âmbito doméstico: ele quis doar a córnea de um dos seus próprios olhos para a mãe, que está hoje com 86 anos de idade, tendo perdido a visão trabalhando como professora, mas ela recusou-se a receber o “presente” do filho.

PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe