A Paraíba o tempo todo  |

Cb Gilberto adota discurso “pró-aborto” ao embasar recusa da vacina: “Meu corpo minhas regras”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

“Meu corpo, minhas regras”, o slogan adotado por mulheres na luta pelo acesso ao serviço público de saúde para realização do aborto seguro foi o mesmo utilizado pelo deputado bolsonarista na Paraíba, Cabo Gilberto (PSL), para respaldar sua decisão de se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19.

O parlamentar chegou a dizer que defendia a vacinação, mas só tomará o imunizante quando achar interessante. “Defendo a vacina, vou tomar, agora onde está o meu corpo, minhas regras? Vou tomar quando achar interessante. quando todo mundo se vacinar, me vacino também”, pontuou.

A declaração aconteceu após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovar – por unanimidade – o projeto de autoria dos deputados Adriano Galdino e Ricardo Barbosa, que estabelece sanções para as pessoas que se recusarem a tomar a vacina contra o novo coronavírus. A iniciativa pode ser votada nos próximos dias no plenário da Casa.

Para Gilberto, a adoção de um ‘passaporte da vacina’ na Paraíba é mais um retrocesso.

Em tempo. Assim que o Plano Nacional de Imunização (PNI) foi iniciado, o presidente Bolsonaro (sem partido) que também não se vacinou, avisou que só adotará o imunizante quando o último brasileiro for vacinado.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe