O Democratas, PPS, Rede e PMN oficializaram a aliança proporcional para deputado Estadual, na manhã deste sábado (9). Os 72 pré-candidatos que vão disputar uma vaga na Assembleia Legislativa compareceram ao encontro, onde foi apresentada a primeira coligação proporcional a ser fechada na Paraíba para as eleições de outubro. 

O evento contou com a presença da Executiva Estadual dos partidos, filiados e pré-candidatos, além da participação do pré-candidato ao Governo Estadual pelo PSB, João Azevedo e do pré-candidato a senador, Veneziano Vital do Rêgo (PSB). O deputado federal Efraim Filho que é do Democratas, também esteve presente.

As legendas pretendem apresentar o maior número de pré-candidatos para deputado estadual. O PPS pretende lançar pelo menos 25 nomes para a disputa. A Rede vai lançar mais de 20 nomes, seguidos do DEM e PMN que já anunciaram mais de 10 pré-candidatos cada para o Legislativo Estadual. A pretensão é que a coligação consiga eleger quatro ou cinco parlamentares para a Assembleia Legislativa da Paraíba. 

O presidente municipal do Democratas, Raoni Mendes, pré-candidato a deputado estadual, disse que a coligação vai apresentar nomes fortes que devem disputar as eleições. “A coligação será forte para que possamos eleger o máximo possível de parlamentares”, afirmou Raoni Mendes. Durante discurso, Efraim Filho ressaltou que as decisões para a chapa proporcional estão sendo realizadas por Raoni Mendes.

O presidente Estadual do PPS, Nonato Bandeira, explicou que a coligação pretende fazer quatro ou cinco deputados estaduais. “Eu não tenho dúvida que no mínimo quatro deputados nós faremos. Eu acho que a perpectiva é de quatro a cinco, com quatro entrando direto e cinco na sobre dependendo das outras coligações. Pelo potencial das pré-candidaturas e pela motivação”, garantiu.

O pré-candidato do PSB ao governo do Estado, João Azevedo, esteve presente ao lado do deputado federal e pré-candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo. Ele destacou a importância da coligação, que vai apoiar a sua candidatura e reafirmou que o trabalho realizado por Ricardo Coutinho (PSB) necessita continuidade.

Também participaram do encontro Gerson Vasconcelos, porta voz da Rede, e o secretário Estadual do PMN, Alcimar Martins. “Nós ouvimos os nossos filiados e decidimos nos coligar com o PMN, PPS e DEM, que são partidos que vão contribuir para que a gente conquiste o maior número de mandatos na Assembleia Legislativa”, explicou o coordenador estadual da Rede, Gerson Vasconcelos.

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Galdino não vê necessidades de CPI da Calvário e reafirma confiança em deputados citados

Próximo ao retorno das atividades parlamentares na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o presidente do Legislativo estadual, Adriano Galdino (PSB), reafirmou sua confiança nos deputados citados na Operação Calvário, do…

“A cultura política sempre conviveu com a corrupção”, diz especialista

Ao analisar os recentes escândalos de corrupção envolvendo diversos políticos paraibanos, o cientista político e professor doutor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcio Flávio, disse que essas revelações pela…