A defesa do governador cassado da Paraíba, Cássio Cunha Lima, acaba de ajuizar uma Ação Cautelar (AC 2283) no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a suspensão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tomada na noite de ontem, que confirmou a cassação do governador e seu vice e determinou a posse do segundo colocado no pleito de 2006, até que a própria Corte Suprema analise um Recurso Extraordinário, ajuizado esta tarde na corte eleitoral.

A defesa de Cunha Lima espera que o recurso chegue ao STF, após passar pelo crivo da analise da admissibilidade a ser feito pelo presidente do TSE.

STF

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: ALPB e servidores buscam o caminho democrático para a Previdência

As regras da civilidade e democracia foram postas à prova na manhã desta quinta-feira (12), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). E digo isso sem nenhum estorvo ou dano à…

Justiça suspende votação da reforma da Previdência na Assembleia

O texto da reforma da Previdência encaminhado à Assembleia pelo Executivo foi judicializado. Uma liminar concedida nesta quarta-feira (11) pelo Tribunal de Justiça da Paraíba determinou a suspensão da apreciação…