A defesa do governador cassado da Paraíba, Cássio Cunha Lima, acaba de ajuizar uma Ação Cautelar (AC 2283) no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a suspensão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tomada na noite de ontem, que confirmou a cassação do governador e seu vice e determinou a posse do segundo colocado no pleito de 2006, até que a própria Corte Suprema analise um Recurso Extraordinário, ajuizado esta tarde na corte eleitoral.

A defesa de Cunha Lima espera que o recurso chegue ao STF, após passar pelo crivo da analise da admissibilidade a ser feito pelo presidente do TSE.

STF

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado discute reforma tributária e Aguinaldo deve apresentar relatório até 08/10

O Senado começa a discutir a reforma tributária nesta segunda-feira (19), quando a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) realiza audiência pública com especialistas no assunto. A reunião foi  solicitada…

Opinião: a metáfora de “RC, João e a guerra em terras Tabajara”

A guerra foi deflagrada. Montgomery decidiu firmar o desembarque no Sanhauá de forma rápida e precisa, a fim de evitar maiores movimentos do exército oposicionista comandado pelo general Hideki Tojo.…