Por pbagora.com.br

Sem mandato em 2019, após ser derrotado nas eleições de 2018, o senador Cássio Cunha Lima pode vir a ser o presidente nacional do PSDB. A ideia é defendida pela cúpula do partido.

Em maio do próximo ano, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alkcmin deixa o cargo e o senador paraibano aparece como o favorito para substituí-lo.

De acordo com texto publicado pelo Estadão, a intenção dos chamados 'cabeças brancas' do partido é bloquear o movimento já iniciado pelo ex-prefeito de São Paulo João Dória, que estaria fazendo campanha em prol da eleição de Bruno Araújo, do PSDB de Pernambuco.

 

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

PSOL critica pressa de Hugo Motta para privatizar Empresa de Correios

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, criticou hoje a iniciativa do deputado federal Hugo Mota (Republicanos/PB) de pedir urgência para a apreciação de PL 591/2021 que propõe a privatização…

Em 20 dias de mandato, Léo Gadelha já apresentou 16 proposituras na Câmara

O deputado federal Leonardo Gadelha, do PSC, tomou posse no mandato na Câmara em 31 de março  e em apenas 20 dias de mandato já protocolou 16 propostas legislativas. A…