Por pbagora.com.br

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), compareceu ao Rock in Rio neste domingo, mas nem tudo foi só diversão para o parlamentar, segundo o Extra.

Um “festivaleiro” notou sua presença em frente ao camarote da Prefeitura do Rio, na cidade do rock, e começou a vaiá-lo.

Logo em seguida, várias pessoas que se encontravam no local se juntaram ao coro e deu-se então início a gritos de “ladrão”, dentre outros. Copos vazios também foram lançados em direção ao peemedebista.

Fontes que se encontravam no local afirmaram que Cunha, que estava ao lado do secretário estadual de governo, Paulo Melo (PMDB), fingiu que não ouvia e manteve-se no mesmo local.

Outros convidados, incomodados com os xingamentos, resolveram deixar o camarote.

 

msn

Notícias relacionadas

Câmara aprova, por unanimidade, Título de Cidadã Pessoense à Juliette Freire

De autoria do vereador Bruno Farias, o projeto reconhece que a campeã do BBB 2021 tem sido a grande embaixadora da Paraíba e, em especial, de João Pessoa A Câmara…

Opinião: Lula surge na frente de Bolsonaro em pesquisa e coloca o “mito” na retaguarda

Os desarranjos e desatinos do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido) estão sendo contabilizados pelo povo brasileiro. É certo que o inquilino do Palácio do Planalto possui, ainda,…