Por pbagora.com.br

Convivendo com uma crise interna tanto a nível estadual e nacional o deputado federal e presidente estadual do PSL, comentou ontem (28), numa emissora da capital, sua opinião sobre a saída dos deputados estaduais da sigla Moacir Rodrigues e Cabo Gilberto, defendendo que esperem a janela partidária do próximo ano.

Ao comentar sobre os reclames de Cabo Gilberto sobre seu comando do PSL-PB, relatou que a insatisfação surgiu devido a ter Cabo Gilberto recebido um não, sobre sua intenção de disputar a prefeitura da capital em 2020. “eu disse que não seria, mas ele não sabe escutar um não”.

Já ao analisar a intenção de Moacir de deixar a sigla, relatou que se caso isso ocorrer vai “dar uma festa” para comemorar.

 

Redação

Notícias relacionadas

“Não é hora de querer aparecer, mas de ajudar”, diz deputada do PP criticando Bolsonaro pela condução da pandemia

A forma como o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) vem lidando com questões relacionadas à pandemia do coronavírus foi criticada pelas deputada estadual, Dr. Jane Panta (PP). Em…

OUÇA: Jackson Macêdo vê tentativa de livrar Moro em decisão de Fachin

Presidente do PT na Paraíba, Jackson Macêdo se manifestou sobre anulação das condenações do ex-presidente Lula no âmbito da Lava Jato. A decisão é do ministro Edson Fachin, relator da…