Por pbagora.com.br

 O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) analisou na manhã desta segunda-feira (14) a reunião que os deputados estaduais da bancada governista na Assembleia tiveram com alguns secretários e o governador Ricardo Coutinho (PSB). Para o parlamentar, a reunião é algo normal e teve como principal tema a crise e como lidar com ela.

 

Um dos pilares da reunião foi tratar de como a Assembleia Legislativa tratou a crise e nesse ponto, Ricardo agradeceu o empenho da sua base que aprovou as matérias de interesse do Governo e da Paraíba, facilitando o andamento de investimentos e ações para que o Estado se desenvolvesse, mesmo com as dificuldades financeiras de arrecadação e corte de repasses do Governo Federal à Paraíba.

 

Outro ponto debatido foi a LOA 2017- Lei Orçamentária Anual que está tramitando na Casa de Epitácio Pessoa e deve ser aprovada com praticamente o mesmo valor de investimentos e gastos anuais de 2017.

 

“É uma reunião normal. O primeiro assunto foi o governador agradecendo pelo empenho da Assembleia e da sua Base em aprovar as matérias de interesse do Governo e do povo. A Assembleia teve uma participação importante diante das dificuldades enfrentadas por causa da crise que vive nossa nação e nosso estado. Ele reconheceu de formapública a ação e acima de tudo, a responsabilidade da Casa e a parceria formada. Essa é uma das razões da Paraíba ter se mantido no patamar que se manteve pagando em dia servidores e fornecedores, diferente de outros estados que sofrem duramente com a crise que maltrata nosso país”.

 

Um dos assuntos políticos foi o balanço das eleições seja na eleição do PSB nos municípios como também de partidos aliados e o pedido renovado para que a Assembleia vote o Orçamento.

 

Indagado sobre a reforma de secretariado e corte de gastos e cargos, Hervázio apenas disse que quem decide isso é o governador e que nada foi tratado nesse aspecto. Mas revelou que há prioridade em fazer mudanças.

 

O governador pontuou ainda os investimentos, mesmo na crise e que muitas obras serão entregues até dezembro por todo o Estado e se manteve o equilíbrio financeiro para pagar fornecedores e servidores e não parar obras. Para isso, Hervázio disse que o governador enalteceu a importância da sua base na Assembleia para avaliar e aprovar a LOA 2017 com transparência e reconhecimento dos órgãos em relação ao que é possível ser feito em 2017 diante das dificuldades enfrentadas pelo Estado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lígia volta a negar abalo na relação com João após aliança PDT/PV em JP

A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) voltou a negar, nesta sexta-feira (30), durante entrevista, a existência de estremecimento na relação com o governador João Azevêdo (Cidadania) por conta do apoio do…

Veja a agenda dos candidatos à Prefeitura de Campina Grande nesta sexta-feira

Os postulantes à Prefeitura de Campina Grande participam nesta sexta-feira (30) de gravações de guia, visita aos bairros e inauguração de comitê. Ana Cláudia (Podemos) 9h – Visita ao Terminal…