Por pbagora.com.br

Candidato à prefeitura de João Pessoa pelo Patriotas, o deputado estadual Wallber Virgolino garantiu, durante entrevista nesta quinta-feira (22), que, se eleito, não se furtará de adquirir vacinas para combater a pandemia do coronavírus, no entanto, apenas se elas tiverem comprovação científica de cura.

Diferentemente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem vetado China entre os possíveis fornecedores, Virgolino, que é tido como candidato Bolsonarista na Capital, não citou condições ou exceções.

Ainda conforme o candidato, a vacina, em sua gestão, não será obrigatória, e respeitará o direito do cidadão de se imunizar ou não. “Se tiver comprovação cientifica de que vai trazer a cura a gente vai disponibilizar para populacao, mas não vou obrigar como algumas pessoas estão sugerindo. Todo mundo tem o direito de decidir. Acho que a saúde pública tem que disponibilizar se tiver comprovação cientifica que vai resolver. Se não tiver a gente vai investir e arriscar pra que?”, pontuou.

Walber deixou claro que segue a linha bolsonarista de que não se deve desperdiçar recurso público com medicamento ainda sem comprovação de eficácia e até brincou ao afirmar que se mantém defensor do presidente e que se ele pulasse de um prédio, ele pularia atrás.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

OUÇA – Cícero acusa Nilvan de falsear verdade em imbróglio envolvendo Cássio

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta segunda-feira (23), o ex-senador Cícero Lucena (PP), que é um dos candidatos à prefeitura de João Pessoa neste segundo turno do…

Casos de Covid-19 em CG aumentam 130% em uma semana, aponta pesquisa

Nesta segunda-feira, 23, o professor Josenildo Brito de Oliveira, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), publicou mais um relatório de pesquisa sobre o trabalho que analisa os número da…