Couto diz que Rodrigo Soares faz tudo o que Luciano Cartaxo manda e deixa o PT refém da PMJP

Durante entrevista ao programa Conexão Direta, o deputado federal Luiz Couto (PT) atacou duramente a conduta do atual presidente estadual Rodrigo Soares, que segundo ele, colocou o partido a serviço do prefeito Luciano Cartaxo (PT).

“Quem manda no PT é o prefeito da capital. Não existe mais direção estadual”, alfinetou.

Couto ainda questionou uma suposta “perseguição pessoal” de Luciano Cartaxo em relação ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Ele diz que pode conversar com Cássio Cunha Lima, com Cícero Lucena, com Vitalzinho…mas não pode conversar com o governador. Que ódio é esse? Que ojeriza é essa?”, questionou Couto.

Criticado por ser um aliado declarado do PSB na Paraíba, o parlamentar voltou a atacar o grupo de Cartaxo e Rodrigo, afirmando que em 2010 ambos agiam no PT a mando do então governador José Maranhão (PMDB).

“Zé Maranhão foi quem me derrotou no PED de 2009. Ele tomou o PT de assalto para tentar ganhar a eleição de 2010. Ligava para cada prefeito e exigia que eles me derrotassem e elegessem o atual presidente”, finalizou.

Luiz Couto é o principal opositor do atual presidente do PT-PB, Rodrigo Soares, e enfrentará o candidato "situacionista" Charlinton Machado, também apoiado por Luciano Cartaxo. Numa espécie de ‘terceira via’ se situa Lenildo Morais, candidato apoiado pelo deputado Frei Anastácio. O Processo de Eleição Direta do Partido dos Trabalhadores acontece no próximo dia 10 de novembro.

 

Ytalo Kubitschek

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero lamenta a morte da jornalista Lena Guimarães

O prefeito Romero Rodrigues lamentou profundamente a morte, na manhã desta segunda-feira. 18, em um hospital particular de João Pessoa, da jornalista Lena Guimarães, colunista do Jornal Correio da Paraíba…

“Todos têm o direito de apresentar nomes” diz Ruy sobre 2020

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) declarou, durante contato com a imprensa nesta segunda-feira (18) que continua na busca do diálogo entre os aliados visando as eleições de 2020. Segundo…