Por pbagora.com.br

 Apesar de não ter revelado se vota ou não no companheiro de partido, Lucélio Cartaxo (PT) para a vaga de senador nas próximas eleições, o deputado federal, Luiz Couto (PT-PB), já deixou claro que não vai subir no palanque do pré-candidato ao governo, Veneziano Vital do Rego (PMDB).

 

O único voto aberto do petista é pela reeleição da presidente Dilma Roussef (PT) de resto, é tudo um mistério. O motivo alegado por Couto para não ‘ajudar’ Vené seria problemas com alguns integrantes do PMDB em especial, com o ex-governador José Maranhão  que segundo ele, tentou lhe derrotar de todas as formas em 2010.

 

“Tenho coerência, não vou subir no palanque de quem tentou me derrotar, e era dessa forma: vamos derrotar o velhinho”, observou.

 

Redação

Notícias relacionadas

João Azevêdo avalia como positiva candidatura de Huck à presidência em 2022

O governador João Azevêdo comentou na tarde desta segunda-feira (19) durante entrevista à Rádio Arapuan FM, o aceno que o presidente do Cidadania, fez à candidatura do comunicador Luciano Huck…

2021: governo gasta 12 vezes menos com pandemia nos primeiros 100 dias

O gasto do Poder Executivo no combate à pandemia de coronavírus nos 100 primeiros dias deste ano é 12 vezes menor do que a média de 2020. Até o último…