Prevista para outubro de 2020, a realização das eleições municipais está sob análise no Congresso. O impasse entre a crise provocada pelo novo coronavírus e a incerteza da duração da pandemia levou congressistas a iniciar um movimento em defesa do adiamento.

O Ministério da Saúde prevê um aumento dos casos entre abril e junho. A situação só se estabilizaria a partir de julho. Um mês antes do início das das campanhas eleitorais, que estão previstas para começar no dia 16 de agosto.

Tendo em vista a proximidade das datas, há o receio de que parte do calendário eleitoral possa ser afetado.

PB Agora com Diário de Pernambuco

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Eu fico do lado dos especialistas”, diz secretário de saúde de JP ao ser contra reabertura do comércio

Ao ser indagado se apoia a decisão da reabertura do comércio, posição essa defendida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro que é contrario ao isolamento social devido a pandemia do…

Veneziano destina emenda de R$ 2 milhões para ações de combate ao coronavírus na PB

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) destinou emenda parlamentar no valor de R$ 2 milhões para serem investidos nas ações de combate, prevenção e tratamento do Covid19, doença causada…