Não será nada fácil o retorno do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, ao cargo, mesmo com a decisão unânime do Superior Tribunal de Justiça determinando o contrário. Isso porque a existência de uma ação na esfera cível no Tribunal de Justiça da Paraíba pode frustrar a 'volta por cima' do chefe do executivo.

Os advogados de defesa de Berg estão confiantes. Um deles, Inácio Queiroz, informou acreditar que até mesmo amanhã essa posse poderá ocorrer ou no mais tardar na próxima semana.

Para ele, Berg Lima já passará as fetas de final de ano na qualidade de prefeito titular de mandato, e em exercício.

Inácio explicou que existe uma ação civil, com relação a improbidade, que trata dos mesmos fatos da ação penal julgada nesta quarta-feira (13) pelo STF. É esse processo que pode barrar a volta de Berg.

“Nós vamos juntar essa decisão nessa ação de improbidade e requerer que Tribunal de Justiça da Paraíba entenda da mesma forma do STJ. Se isso acontecer, se assim entender o TJ, Berg Lima pode tomar posse", ressaltou.

 

PB Agora


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível segundo mandato: “Não é minha meta agora”

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…

Veneziano representa o Senado em evento de Turismo realizado em João Pessoa

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) esteve nessa sexta-feira (18), ao lado do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), participando da abertura da 9ª edição do JPA Travel Market,…