Por pbagora.com.br

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (23) em seu discurso na Assembleia Geral da ONU que a comunidade internacional quer que o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, seja “imediatamente” restabelecido no poder.

“A comunidade internacional pede que Zelaya regresse imediatamente à presidencia de seu país”, disse Lula em Nova York.

 

Ele assegurou que a comunidade internacional deve “permanecer alerta para assegurar a inviolabilidade da missão diplomática no Brasil na capital de Honduras.”

Zelaya, deposto por um golpe de estado em junho deste ano, está abrigado na Embaixada brasileira em Honduras desde segunda-feira (21).

 

Lula pediu mais “vontade política” para confrontar situações que conspiram contra a paz, o desenvolvimento e a democracia, e citou o golpe de Honduras, em 28 de junho em Honduras.
 

G1

Notícias relacionadas

Frente formada por PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL não faz oposição a João Azevêdo

A frente formada pelos partidos PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL, que se uniram contra o facismo e a favor da população para as eleições de 2022 não tem o…

Efraim já contabiliza apoio de 83 prefeitos paraibanos na corrida para o Senado

O deputado federal Efraim Filho (DEM) recebeu o apoio de mais três prefeitos engajados no seu projeto de eleição para o Senado Federal nas eleições de 2022, contabilizando agora a…