Por pbagora.com.br

Um consenso entre os parlamentares bateu o martelo sobre a aprovação das emendas impositivas, que serão aprovadas na Lei Orçamentária de 2020, mas só passarão a ser pagas em 2021. A informação foi confirmada nesta terça-feira (26) pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB).

“Combinei com João. Combinamos que seria dessa forma”,”, afirmou.

O parlamentar adiantou que ainda não foi batido o martelo sobre o percentual para cada deputado, contudo realçou que já existe um entendimento que pode resultar em consenso entre os poderes nos próximos dias.

“Estamos chegando a um denominador comum”, frisou.

 

Redação 

Notícias relacionadas

Em carta aberta, Instituto rebate dados de Bolsonaro sobre repasses à Paraíba

Por meio de carta aberta ao povo paraibano o Instituto Projeto Político, que tem como diretor-executivo, Daniel de Macedo Soares, rebateu as informações divulgadas pelo presidente da República Jair Bolsonaro,…

Aguinaldo Ribeiro solicita que Câmara vote proposta de auxílio ao setor de eventos nesta 4ª

O deputado federal e líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) solicitou na manhã desta quarta-feira (03) que a votação do Projeto que cria o Programa Emergencial de Retomada…