Um consenso entre os parlamentares bateu o martelo sobre a aprovação das emendas impositivas, que serão aprovadas na Lei Orçamentária de 2020, mas só passarão a ser pagas em 2021. A informação foi confirmada nesta terça-feira (26) pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB).

“Combinei com João. Combinamos que seria dessa forma”,”, afirmou.

O parlamentar adiantou que ainda não foi batido o martelo sobre o percentual para cada deputado, contudo realçou que já existe um entendimento que pode resultar em consenso entre os poderes nos próximos dias.

“Estamos chegando a um denominador comum”, frisou.

 

Redação 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador inaugura hoje UTI para idosos vítimas de queda e acidentes de trânsito

O governador João Azevêdo inaugura, hoje (17), às 9h, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – Centro de Trauma do Idoso, o primeiro serviço de traumato-ortopedia do idoso do…

Wallber responde a suposta participação em briga de foliões: “Quando eu brigar vai ser na bala”

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) em comunicado a imprensa no último sábado (15), sobre seu envolvimento em uma confusão na dispersão de um bloco que desfilou nessa sexta-feira (14),…