Na manhã desta segunda-feira (17), a Câmara Municipal de Conde, no Litoral Sul paraibano realizou sessão extraordinária para votar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades nos contratos de coleta de lixo na cidade.

Por conta das divergências acerca do tema e temendo algum tumulto que pudesse prejudicar a realização da sessão, o presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Manga Rosa (MDB), acionou a Polícia Militar para conter os ânimos de manifestantes na Casa Cícero Leite.

Muitos populares estiveram presentes na Câmara e protestaram bastante.

Os ânimos se exaltaram um pouco mais, no momento em que os vereadores foram aprovar a instauração da CPI.

A Comissão Parlamentar de Inquérito foi aprovada por sete votos.

PB Agora

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cícero Lucena troca PSDB de Cássio por PP de Aguinaldo Ribeiro

Uma das novidades no último dia para filiação partidária, neste sábado (04), foi a filiação do ex-senador Cícero Lucena aos quadros do Progressistas na Paraíba. O caboclinho, como é conhecido,…

Vereador João Corujinha se filia ao Progressistas

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, João Corujinha, que havia deixado o comando do DC na  Paraíba, assinou neste sábado (4), sua ficha de filiação no Progressistas. Corujinha…