Por pbagora.com.br

O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado Manoel Ludgério (PDT), garantiu, nesta terça-feira (14/04), que a bancada oposicionista, integrada por 20 parlamentares, votará em favor da Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que estabelece a extinção do Tribunal de Contas do Município (TCM), apresentada pela deputada licenciada Iraê Lucena (PMDB).

Segundo o parlamentar, a matéria não pôde ser votada nesta terça-feira em plenário devido à ausência do deputado estadual Divaldo Wanderley (PSDB). O parlamentar é o relator do projeto do TCM na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas não pode comparecer à sessão ordinária, pois está em Patos, sua base eleitoral. A cidade ainda sofre os impactos causados pelas fortes chuvas registradas desde a última segunda-feira,que provocaram destruição e deixaram famílias desabrigadas.

Sendo assim, a PEC do TCM só deve entrar na pauta de votação da Assembleia na próxima semana. “Já tivemos a nossa deliberação própria pelo arquivamento deste projeto por reconhecer os avanços que o Tribunal de Contas do Estado tem alcançado no exercício da fiscalização das contas públicas dos municípios e do próprio Poder Executivo”, completou Ludgério.

Coordenadoria de Comunicação da ALPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – A ideia de Ricardo Barbosa é muito boa e deveria ser adotada em território nacional

A ideia do deputado estadual Ricardo Barbosa, de impor restrições de direitos àqueles que não tomarem a vacina contra o coronavírus é ótima. Das melhores, dentre tantas outras que vieram…

Oito leis aprovadas: Wilson Filho foi um dos que mais trabalhou em 2020 pela saúde na pandemia

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) fez um balanço de suas ações em 2020 no combate à pandemia do novo coronavírus. O parlamentar foi um dos mais produtivos da Assembleia…