Sem mandato há mais de um ano, o ex deputado e ex-secretário chefe de Gabinete na gestão Romero Rodrigues, Bruno Cunha Lima reafirmou em entrevista para a Correio FM, a sua pré-candidatura a prefeito de Campina Grande. O ex tucano se mantém irredutível e deu a transparecer que esta articulando para concorrer ao Palácio do Bispo sem depender do prefeito Romero. Nos bastidores, comenta-se que o ex parlamentar pode se filiar no MDB do ex senador José Maranhão, para concorrer ao cargo.

– A lei não permite a Bruno nem a ninguém dizer que é candidato, mas eu sou sim pré-candidato a prefeito. Mas o meu prazo como pré-candidato precisa ser agora, até porque não posso deixar para tentar me viabilizar só depois do Carnaval, a partir de uma escolha de Romero ou do grupo. Eu preciso ser viável desde já, para que quando fevereiro ou março chegar eu seja viável ao ponto de receber esse apoio’ – esclareceu.

Ele negou que tenha tentado impor a sua candidatura de qualquer jeito, mesmo contrariando Romero.

– Disseram: ‘Romero vai anunciar o seu candidato depois do Carnaval’. Isso era, eu acho, mês no agosto, alguma coisa assim, agosto ou setembro, ‘E o senhor, o que é que diz?’. Eu disse: ‘O prazo para Romero, enquanto eleitor, anunciar o voto dele ou quem ele vai apoiar ser depois do Carnaval, está ótimo” observou.

O ex deputado e ex vereador de Campina Grande, disse ainda que desde o ano passado começou a construir a sua pré-candidatura, buscando os apoios necessários para consolidar o sonho de encabeçar a chapa majoritária na sucessão do prefeito Romero Rodrigues.

– Então a lógica é diferente. A lógica de você ser feito candidato ou você se fazer ou se viabilizar. Ou você é viabilizado como candidato ou você se viabiliza como candidato. E ai, se viabilizando, recebe apoios. A partir dessa declaração, aquela história de que um texto sem contexto vira pretexto, criaram toda essa celeuma dizendo que eu havia afirmado que era candidato de todo jeito. O que eu tenho feito, eu comecei a fazer no ano passado e permaneço fazendo: é buscar viabilizar minha pré-candidatura – acrescentou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do PSOL critica medidas adotas por Cartaxo no combate à Covid-19: “Eu avisei”

O presidente estadual do PSOL na Paraíba, Tárcio Teixeira, lamentou, por meio de suas redes sociais, nesta terça-feira (14), o aumento do número de casos de coronavírus na Paraíba, sobretudo…

Cidadania define apoios em Cajazeiras, Guarabira e Princesa Isabel

O Partido Cidadania na Paraíba já tem como certo seu posicionamento em importantes cidades da Paraíba como Cajazeiras, Guarabira e Princesa Isabel em relação aos nomes para a disputa nas…