Por pbagora.com.br

A aliança selada entre os presidente municipais do Solidariedade, João Almeida, e do Avante, Felipe Leitão, em João Pessoa, para marcharem unidos na disputa pela Capital teve começo, mas ao que tudo indica chegou em um intervalo de apenas 20 dias.

Isso porque nesta quinta-feira (20), mesmo dia que o Avante anunciou que marcharia ao lado do ex-senador Cícero Lucena (PP) na disputa pela prefeitura da Capita, o vereador João Almeida deu declarações afirmando que irá manter sua pré-candidatura por hoje ter um sentimento de entregar à cidade um propósito.

No dia 1º de agosto, no entanto, os dois se reuniram na Capital, posaram para fotos e anunciaram que fariam Avante e SD marcharem unidos na corrida eleitoral desse ano. Na ocasião, João declarou: “O deputado Felipe Leitão é uma grande liderança política na Cidade e no Estado, obteve mais de 13 mil votos no último pleito somente aqui em João Pessoa, tem boas ideias, propostas e vai contribuir muito para o engrandecimento e fortalecimento dessa aliança entre o Solidariedade e Avante no âmbito municipal”, afirmou à época

Hoje, no entanto, Almeida evitou citar nomes, mas durante entrevista, disse que acredita na inteligência do povo de João Pessoa para que não se deixe levar ou confundir durante a corrida eleitoral e escolham seu candidato baseado no projeto cada um apresente para a cidade e na capacidade técnica da equipe do postulante.

Almeida até deu alfinetadas, ao afirmar que a Capital não era curral eleitoral para ficar à mercê apenas grupos políticos limitados. O dirigente confirmou que recebeu inúmeros convites para figurar como pré-candidato a vice-prefeito em algumas chapas, mas que declinou dos convites por acreditar em um projeto maior para a Capital paraibana.

“Conversei com várias pessoas, tive convite para ser vice de vários deles, mas do fundo do coração eu estou com o sentimento de entregar à cidade um proposito. Eu confio na inteligência da cidade e do povo, João Pessoa não é curral eleitoral” sentenciou.

Pensadores da política, todavia, avaliam que em política, até às convenções e registros de candidaturas, muita água irá rolar e SD e Avante ainda poderão estar juntos no primeiro turno do pleito.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“O PT não dá golpe, o PT sofre golpe”, diz Anísio sobre intervenção da nacional

Nos últimos dias muito se ouviu as criticas do deputado estadual Anísio Maia (PT), que registrou sua candidatura pela sigla à sucessão na Capital, tendo como vice Percival Henriques, do…

Siqueira atiça fogueira do PT e PSB: “Não ter a companhia do PT é muito bom”

O apoio da Executiva Nacional do PT ao nome do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa pela PMJP vem causando um verdadeiro alvoroço na política da Capital paraibana desde que…