Mesmo sem anunciar candidatura própria ao Governo do Estado, o fantasma da possível candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) segue rodeando as pretensões políticas do governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputará à reeleição em 2014, mas ainda não conta com a certeza de repetir a dobradinha vitoriosa com o PSDB firmada em 2010.

A tese de candidatura própria do PSDB, defendida por uma ala do tucanato paraibano, entre eles o senador Cícero Lucena (PSDB) ganhou reforço nesta terça-feira (11), com o resultado de uma enquete veiculada pelo portal PB Agora, que quis saber: “Quem disputará com RC o Governo do Estado em 2014?”.
Disparado como o candidato mais cotado para enfrentar o governador Ricardo Coutinho apareceu o senador Cássio Cunha Lima, com 51, 12% dos votos dos internautas. Em segundo lugar, aparece o pré-candidato do PMDB, Veneziano Vital, que abarcou 34,30% dos cliques.

Ainda foram colocados como opções os nomes do ex-senador Wilson Santiago (PTB), do presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo (PEN), do ministro Aguinaldo Ribeiro (PP), do deputado Major Fábio (Pros) e até do ex-governador José Maranhão (PMDB), mas nenhum desses alcançou sequer 5% dos votos dos internautas que participaram da enquete.

A enquete ficou disponível no portal PB Agora por quase dois meses e recebeu o clique de quase cinco mil internautas. Destes, 3410 marcaram o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como o candidato que deve disputar o Governo contra o governador Ricardo Coutinho."foto"

 

VEJA AS TABELAS

""

""



Márcia DIas

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No aniversário de Sousa, Wilson Santiago enfatiza ações viabilizadas para o município

O deputado Federal, Wilson Santiago (PTB), participou, nesta sexta-feira 10/07, da inauguração do Centro Municipal de Reabilitação e Fisioterapia, em Sousa, no Sertão do Estado. Em entrevista ao site de…

Ruy defende trabalho dos educadores físicos e abertura das academias

A retomada das atividades das academias de ginástica, que têm relação direta com a saúde das pessoas deve acontecer imediatamente. Foi o que defendeu Ruy Carneiro durante reunião virtual com…