Por pbagora.com.br

O clima esquentou entre os candidatos à prefeitura de João Pessoa no primeiro debate na Rádio Arapuan, nesta segunda-feira (28). Durante o primeiro bloco faltaram propostas e sobraram troca de farpas, com ataques pessoais e até mesmo insinuações de traições conjugais.

Tudo começou quando o candidato do Solidariedade, João Almeida, disse que o deputado Walber Virgolino falava sobre moral, mas desembolsava R$ 2 mil por dia em cachaça na cidade de Bananeiras, sem falar em gastos absurdos na Assembleia, sem sequer haver sessão presencial.

“A gente vê aqui alguém que se coloca como paladino da honiestidade passar a pandemia inteira gastando R$ 2 mil por dia em Bananeiras, tomando cachaça, quando se nada estivesse acontecendo em João Pessoa. Gastou ainda R$ 240 mil de atividade parlamentar enquanto a Assembleia estava fechada. Fica a dica de quem é paladino da honestidade, mas cara de pau a gente tem por obrigação de desmascarar”, disse João contra Walber Virgolino.

Por sua vez, o candidato do Patriota, Wallber Virgolino, reagiu e insinuou que o adversário, João Almeida (SD), estaria desembolsando as verbas indenizatórias que recebe como vereador para passear de avião em praias paradisíacas do Nordeste sem a companhia da esposa.

“A ovelhinha mordedora aqui passou a agredir todo mundo. De comparsa de Julian Lemos a laranja de Cícero. Está nítido aqui a sua posição de defender o candidato Cícero e eu sei por que. Mas durante a pandemia João, minha família foi para Bananeiras, mas eu fiquei na cidade de João Pessoa (….). João eu sou homem de família, eu sou conservador raiz, já você na pandemia que goza das prerrogativas de vereador, tem verba indenizatória e você estava aonde? Até onde eu sei você estava em um avião particular indo para Noronha e parece que não era com a sua esposa, já eu estava em Bananeiras com a minha esposa”, disparou.

E continuou: “Eu não vou me nivelar a você João, você é série C”.

O debate continuou e o candidato do PSOL Pablo Honorato relatou que, se for colocar todos na balança, o nome que sairá anos luz na frente no tocante a declaração negativa de débitos com a justiça será ele, já que o restante ou já teve ou tem problemas, ou é aliado de quem tem envolvimento com ilicitudes.

PRESENÇAS X AUSÊNCIAS

Dos 14 candidatos no páreo, apenas dez marcaram presença no debate. Anísio Maia (PT), Carlos Monteiro (Rede), Cícero Lucena (PP), Edilma Freire (PV), João Almeida (Solidariedade), Nilvan Ferreira (MDB), Pablo Honorato Nascimento (PSOL), Raoni Mendes (DEM), Ruy Carneiro (PSDB) e Wallber Virgolino (Patriota).

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), apesar do horário permitir, preferiu, pela segunda vez, se ausentar do embate. Os demais candidatos que não têm representação no Congresso Nacional não participam.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: na roda-gigante da história, RC pode ser o Cícero de amanhã…

Quem não se lembra daquele que foi um dos mais perversos calvários da história política da Paraíba, em que o ex-senador e ex-governador Cícero Lucena padeceu a um verdadeiro massacre?!…

Wallber propõe programa “Cidade Sem Amianto” e ações de prevenção ao câncer

O candidato a prefeito Wallber Virgolino (Patriota) revelou que implantará em sua gestão na Prefeitura de João Pessoa o programa “Cidade Sem Amianto” como umas das ações de prevenção ao…