As cidades paraibanas de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Bayeux e Santa Rita foram aprovadas na seleção feita pelo Ministério do Esporte por meio do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e receberão um ginásio para a prática esportiva respectivamente. A informação foi confirmada pelo ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que durante audiência com o ministro dos Esportes Aldo Rebelo (PC do B) recebeu a garantia da liberação dos recursos para os cinco municípios da Paraíba e a imediata construção dos equipamentos.

“Já dei a boa notícia por telefone aos prefeitos Expedito, Reginaldo, Cartaxo, Romero e Chica Motta, que ficaram felizes em serem contemplados com este importante programa (CIE), que visa reduzir a criminalidade e atenuar a exclusão social. Quero agradecer ao esforço do ministro Aldo que é um grande nordestino e que entende as necessidades do nosso povo!”, comemorou o vice-presidente do PP paraibano.

 

""O Ministério do Esporte confirmou que está prevista a contratação de aproximadamente 300 CIEs em todo o Brasil, com um total de investimento de mais de R$ 800 milhões. Os municípios escolheram entre os três modelos de CIEs, dependendo do tamanho do terreno a ser disponibilizado por cada cidades. Os projetos de arquitetura e engenharia dos CIEs serão fornecidos pelo Ministério do Esporte aos municípios elegíveis.

 

O objetivo dos Centros de Iniciação ao Esporte é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social das grandes cidades brasileiras. O projeto integra, num só espaço físico, atividades e a prática de esportes voltados aos esportes de alto rendimento, estimulando a formação de atletas entre crianças e adolescentes. Os equipamentos que tem previsão de serem iniciados no início do segundo semestre do próximo ano contarão com: Ginásio Poliesportivo (arquibancada para 195 pessoas), área de Apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público.)

 

As cinco cidades paraibanas se enquadraram no perfil G1 com terrenos de 2.0500 m² que abrangem as: Regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Curitiba e Porto Alegre, Região Integrada do Entorno do Distrito Federal, cidades com população acima de 70 mil habitantes do Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e municípios acima de 100 mil habitantes no Sul e Sudeste.

 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…

Saiba quem é a deputada campeã na concessão de honrarias na ALPB

Apesar de ser um dos direitos constitucionais de cada parlamentar estadual integrante da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o elevado número de concessões de títulos e honrarias, vem preocupando os…