Cinco municípios paraibanos serão alvo de revisão por parte da Justiça Eleitoral, que deverá apurar, junto com o processo de recadastramento biométrico, previsto para o próximo ano, denúncias de que o número de eleitores é maior do que o de habitantes. Tratam-se dos municípios de Areia de Baraúnas, Algodão de Jandaíra, São João do Cariri, Santo André e Matinhas.

Os processos relativos à revisão eleitoral nesses municípios foram deferidos pelo Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), juiz Tércio Chaves de Moura, que deliberou para que eles tenham preferência no processo de recadastramento de eleitores ao sistema de biometria, no sentido de apurar a denúncia e expurgar do cadastro eventuais excessos.

 

Os pedidos de revisão foram feitos sob o argumento de que esses municípios teriam um quantitativo de eleitores superior ao de habitantes. Em alguns casos, o número extrapolaria em 100%. As decisões do corregedor determinam que as revisões eleitorais ocorram assim que o TRE-PB realizar o recadastramento para o uso do sistema de identificação biométrico de votação nessas cidades, na programação prevista para iniciar no próximo ano.

Correio

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: até que, enfim, alguém se lembrou de que moradores de rua também estão passíveis da Covid-19

Extremamente oportuna a Lei de nº 11.703, promulgada pela Assembleia Legislativa da Paraíba, e de autoria do seu presidente, o deputado Adriano Galdino. Ampara uma das camadas sociais mais carentes…

Veneziano viabiliza mais de R$ 13 mi para investimentos no combate à covid-19

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) conseguiu viabilizar recursos junto ao Ministério da Saúde da ordem de R$ 13.558.434,88 (Treze Milhões, Quinhentos e Cinquenta e Oito Mil, Quatrocentos e…