O Partido Social Liberal (PSL), em reunião com a pré-candidata à Prefeitura de João Pessoa, Cida Ramos, apresentou propostas para o plano de governo da professora e destacou a importância de se construir um projeto político que retome o crescimento da cidade e coloque a participação popular como prioridade.

Cida Ramos reforçou a necessidade da retomada do projeto iniciado por Ricardo Coutinho quando prefeito, que, segundo a professora, construiu obras estruturantes, como a Estação Ciências e o Terminal de Integração, além de ter calçado mais de 800 ruas na cidade, volume superior ao executado por Luciano Agra, que pavimentou 500 ruas, e ainda maior que o executado por Luciano Cartaxo, que calçou apenas 38 ruas em quatro anos.

A professora falou também da obra do Parque Solon de Lucena. “Não digo que a reforma da Lagoa é desnecessária, mas precisamos priorizar os que mais precisam. Ninguém mora na Lagoa, as pessoas moram nos bairros. Por onde eu passo tenho tido um apoio muito grande porque nossa proposta quer retomar um projeto que já foi vitorioso em João Pessoa, quando as pessoas eram ouvidas e suas demandas atendidas. O nosso plano de governo está ancorado na perspectiva do desenvolvimento. Nosso desafio é imenso mas o que nós queremos alcançar é maior ainda”.

O presidente municipal do PSL, o vereador Lucas Brito, disse que o partido está progredindo e que “o protagonismo de cada um dos pré-candidatos a vereador é muito importante, procurando também ter a melhor sintonia possível com a candidatura majoritária. A disposição de Cida em ouvir as pessoas e suas demandas é muito importante. O PSL se faz presente para ajudá-la a pensar a cidade de João Pessoa”, disse.

Cida Ramos reafirmou que a gestão Cartaxo perdeu a capacidade de conversar e discutir com os vários segmentos da sociedade. “Se o prefeito não consegue discutir com o Trade Turístico, com pessoas que fazem a política de inclusão produtiva e que trazem emprego e renda, imagine com a população. Sou reconhecida pelo trabalho, mas devo dizer que o grande herói é o povo pessoense que nos bairros e comunidades sofre sem infraestrutura básica. A realidade de nossa cidade é de completo abandono. Os postos de saúde não funcionam. A atual gestão não tem política para a juventude nas escolas, nos bairros. Por tudo isso defendemos aquilo que a população já pede: a chegada da nova forma de fazer política”, destacou.

 

 

Reunião com profissionais de saúde

Em reunião com mais de 300 profissionais da saúde, a pré-candidata à Prefeitura de João Pessoa, Cida Ramos, disse que a gestão municipal não colocou a saúde como prioridade no seu governo. De acordo com a professora, não faltam relatos de pessoas insatisfeitas com a atual situação dos hospitais municipais e das Unidades de Saúde da Família (USF).

“Existe um vazio imenso na área da saúde e a população tem sofrido muito com isso. Por onde andamos ouvimos o relato de mães e pais que não podem mais contar com saúde municipal, dado o abandono e sucateamento das unidades. Sofrem os pacientes que necessitam de atendimento, mas também sofrem os profissionais da saúde, que ficam impedidos de trabalhar pela falta de infraestrutura. O Trauminha de Mangabeira, por exemplo, um importante hospital criado na gestão de Ricardo Coutinho na prefeitura de João Pessoa, hoje está em constante desmonte, abandonado pela atual administração municipal. As USFs não têm médico. Quando tem médico, falta remédio, ou seja, os profissionais não têm como trabalhar. É preciso ter sensibilidade, colocar a saúde como prioridade no plano de governo”, destacou Cida Ramos.

Os profissionais presentes na plenária destacaram os problemas que tem enfrentado a saúde municipal: as USFs estão desabastecidas e sem profissionais; a Vigilância em Saúde quase não atua. Os CAES estão desestruturados; o Centro Especializado em Odontologia também está em situação crítica; os Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) também.

 

 

Redação com Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC: “A soltura de Lula fortalece a luta contra a destruição de tudo que se tem feito neste País”

Em entrevista concedida ao jornalista Luís Nassif, para a TV GGN, como parte da série sobre os desdobramentos da saída de Lula e a nova oposição, o ex-governador da Paraíba,…

Opinião: Bolsonaro mostra um PSL sem força, ignora Julian e Bolinha e praticamente lança Cássio a prefeito de CG

E então acordei. Um dia de sol interessante, típico dessa época do ano. Café posto à mesa; eis um telefonema perturbador. Do outro lado, pessoa que sinto bastante simpatia. Cobrava,…