Entre todos os tucanos paraibanos,  o que mais tem interesse na candidatura a governador do Estado de Cássio Cunha Lima é o senador Cícero Lucena (PSDB). Além de ser desafeto político do governador Ricardo Coutinho, Cícero sabe que a candidatura de Cássio favoreceria a sua reeleição ao Senado. Isso porque, com a manutenção da aliança entre PSDB e PSB, Cícero teria mais dificuldade para disputar um novo mandato de senador, visto que o candidato declarado de Ricardo Coutinho ao Senado, é o vice-governador Rômulo Gouveia (PSD).

Com tucanos e socialistas dividindo o mesmo palanque, Cícero teria que abrir mão da candidatura ao Senado, e disputar um mandato de deputado federal, entrando assim, na base eleitoral de Ruy Carneiro. Por isso, Ruy que preside o PSDB na Paraíba e também quer disputar à reeleição á Câmara Federal, tem defendido que Cássio faça o caminho de volta para o Palácio da Redenção.

Diante de todo esse cenário que se desenha, o senador Cícero Lucena reafirmou em entrevista a Rádio Correio 98 em Campina Grande que acredita na candidatura do peessedebista Cássio Cunha Lima, já que segundo ele, “o povo quer a candidatura do tucano para o governo do Estado, no próximo ano. Entretanto, Cícero que costuma dizer que é um peregrino, disse que vai respeitar a vontade de Cássio e só deve voltar a falar sobre o assunto em 2014.

“Cássio tem a capacidade de ouvir a vontade do povo no momento oportuno. Ele pediu para que discutíssemos isso apenas no próximo ano e vamos fazer para que ao ouvir a opinião e a vontade do eleitor a gente possa ter a nossa candidatura para o governo do Estado” reiterou o tucano.

Cícero Lucena enfatizou que a vontade que tinha, na eleição de 2012, para que o PSDB não apoiasse a candidatura do atual governador Ricardo Coutinho, é confirmado pela insatisfação do povo paraibano. Ele acredita em uma candidatura vinda do ninho tucano.
“ A prova maior é que nosso partido vai ter candidatura com a demonstração clara que a maioria do povo paraibano não está satisfeita com as promessas e os compromissos que foram feitas em campanha e que consequentemente não foram cumpridos – ressaltou.

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…

Carlos Bolsonaro diz que líder do PSL no Senado é “bobo da corte”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou neste domingo (13) uma mensagem no Twitter na qual classifica como “bobo da corte” o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). “Este…