A Paraíba o tempo todo  |

Chica Motta, Lenildo Morais e Dinaldinho entram na mira do MP por rombo de R$ 4,6 milhões aos cofres de Patos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Os ex-prefeitos de Patos, Dinaldo Wanderley, Lenildo Morais e Chica Motta estão sendo investigados pelo Ministério Público da Paraíba por irregularidades no pagamento de contribuições trabalhistas que geraram um rombo de R$ 4,6 milhões aos cofres do município sertanejo.

De acordo com relatório enviado por um auditor da Receita Federal ao MP, as irregularidades nos pagamentos aconteceram entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017.

De 01/01/2016 a 04/09/2016, as irregularidades fiscais de Chica Motta geraram um prejuízo de R$ 1.434.150,63. De 09/09/2016 a 31/12/2016, Lenildo Morais causou prejuízo de R$ 1.578.757,67. Dinaldo Wanderley, por sua vez, causou prejuízo de R$ 1.604.933,85 aos cofres do município no ano de 2017. Os danos ao erário ocorreram por omissão de informações nas GFIP’s e ausência do pagamento das contribuições respectivas, mais irregularidades no recolhimento de contribuições para o Pasep – o que gerou multas e pagamentos de juros moratórios.

Os ex-gestores podem ser denunciados pelo promotor do caso, José Carlos Patrício, caso ele encontre indícios de por improbidade administrativa.

Retrospectiva

Chica Motta foi prefeita entre 2013 e 4 de setembro de 2016, quando foi afastada após a Operação Veiculação. Lenildo Morais, que era vice, assumiu a Prefeitura e ficou até o dia 31 de dezembro. No dia 1 de janeiro de 2017, a gestão de Patos ficou a cargo de Dinaldo Wanderley, que venceu as eleições de 2016.

Confira:

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      17
      Compartilhe