Na tarde desta quarta-feira (18), a Assembleia Legislativa da Paraíba ajuizou Reclamação (Rcl 7759), no Supremo Tribunal Federal, contra decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que afastou do cargo, na noite de ontem (17), o governador do estado, Cássio Cunha Lima, e determinou a imediata posse do 2º colocado na vaga deixada pelo político cassado.

A ação foi distribuída ao ministro Celso de Mello, que deverá analisar o caso.

Mais detalhes em instantes.

 

Da Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do TRE/PB diz que eleições podem ser adiadas para novembro

Nesta terça-feira (02), durante entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador José Ricardo Porto, revelou que por conta da pandemia do…

Prefeitável de CG admite que eleição ainda é uma incógnita

O deputado (licenciado) Tovar Correia Lima (PSDB) anunciou que concluirá na próxima semana a sua terceira passagem pelo secretariado do prefeito Romero Rodrigues, e retornará a Assembleia Legislativa. Atual titular…