A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) analisa 11 matérias, em reunião ordinária nesta terça-feira (14), às 8h, no Plenário Deputado José Mariz. Em pauta, oito projetos de lei ordinária, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), um veto do Poder Executivo e um projeto de resolução.

 

Entre os projetos de lei que serão apreciados, estão o 1.966/14 e o 1.949/14, ambos de autoria do deputado Vituriano de Abreu (PSC), que dispõem, respectivamente, sobre a isenção do pagamento de tarifa de vistoria cobrada pela Cagepa e do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) para a comercialização de motocicletas para mototaxistas e motoboys.

 

Também estão em pauta os projetos 1.940/14, do deputado Domiciano Cabral (Democratas), relativo à publicidade das informações das ações da área de segurança pública no Estado; e o 1.978/14, do deputado Ricardo Marcelo (PEN), que inclui no calendário oficial de eventos turísticos da Paraíba o Novenário da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, em João Pessoa.

 

Os membros da CCJ ainda analisarão a constitucionalidade dos projetos 1.979/14, de Janduhy Carneiro (PTN), denominando de Museu de Arte Popular Escritor Ariano Suassuna o Museu da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB); e do 1.988/14, do deputado Monaci Marques (PPS), que estadualiza o trecho de estrada de acesso entre os municípios de Mãe D’Agua e Imaculada, ligando as rodovias PB-276 a PB-306.

 

O projeto de resolução é o 120/2014, da deputada Olenka Maranhão (PMDB), que concede a “Medalha Dom Hélder Câmara” ao monsenhor Ednaldo Araújo dos Santos.

 

Emenda à Constituição

Também consta na pauta a PEC 33/14. A matéria, de autoria do Governo da Paraíba, altera a redação do artigo 27 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Estadual. O objetivo é assegurar, por meio do texto constitucional, direitos e prerrogativas ao Poder Executivo e ao MPPB de instalar órgãos de proteção ao consumidor (Procon).

 

Veto governamental

O único veto governamental em pauta é o 259/2014, relativo ao projeto de lei 1.878/14, do deputado Gervásio Maia (PMDB), que regulamenta a cobrança da meia-entrada para estudantes e também para professores da rede pública e privada em estabelecimentos comerciais, cinemas, casas de espetáculos, teatros, campos de futebol, e para participações em capacitações de qualquer gênero.

 

Logo após a reunião da CCJ, haverá sessão ordinária no plenário Deputado José Mariz.

 

Ascom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Live de Ruy Carneiro debate atração de investimentos para João Pessoa

Iniciando sua série de lives no Instagram, o pré-candidato à prefeitura de João Pessoa Ruy Carneiro conversou nesta quarta-feira (8) com o consultor empresarial português Rui Coelho sobre o projeto…

Nem Bruno nem Tovar: Enivaldo defende o neto, Lucas Ribeiro, para disputar PMCG

Se depender do atual vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP), o candidato escolhido para sucessão municipal em Campina Grande não seria nem Bruno Cunha Lima, do PSD,  nem Tovar…