O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) pode se filiar ao partido na Paraíba, em fase de criação pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), o Aliança pelo Brasil, e comandar legenda no Estado. A informação foi dada nesta quarta-feira (13) pelo deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB)

Apesar da declaração, o parlamentar alertou que não conversou com Cássio sobre o assunto, mas é a leitura que faz baseado nos sinais que foram dados por Bolsonaro a Cássio na última segunda-feira (11), durante entrega do Complexo Habitacional Aluízio Campos.

“Lá mostrou-se muita afinidade entre Cássio e o presidente Bolsonaro. Cássio não teria direito, segundo o protocolo, de estar em cima do palco. O presidente Bolsonaro colocou ele em cima do palco e vizinho à cadeira dele. Bolsonaro reconheceu a liderança de Cássio, reconheceu o tamanho político que ele tem. Em função dessa afinidade, Cássio pode sim vir acontecer a comandar algo em relação ao partido de Bolsonaro na Paraíba”, destacou.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson Macedo e Jeová Campos entoam tom de repúdio a incentivo ao ato anti-Congresso e preveem golpe

O presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo, juntamente com o deputado estadual do PSB, Jeová Campos repudiaram ontem (27), o ato do presidente da República, Jair Bolsonaro, que em…

‘Povo choraria por bomba no Congresso?’, pergunta Eduardo Bolsonaro

deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) questionou neta quarta-feira, 26, se alguém “choraria” se caísse uma bomba de hidrogênio no Congresso. O comentário foi feito no Twitter, em resposta a uma publicação…