O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) pode se filiar ao partido na Paraíba, em fase de criação pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), o Aliança pelo Brasil, e comandar legenda no Estado. A informação foi dada nesta quarta-feira (13) pelo deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB)

Apesar da declaração, o parlamentar alertou que não conversou com Cássio sobre o assunto, mas é a leitura que faz baseado nos sinais que foram dados por Bolsonaro a Cássio na última segunda-feira (11), durante entrega do Complexo Habitacional Aluízio Campos.

“Lá mostrou-se muita afinidade entre Cássio e o presidente Bolsonaro. Cássio não teria direito, segundo o protocolo, de estar em cima do palco. O presidente Bolsonaro colocou ele em cima do palco e vizinho à cadeira dele. Bolsonaro reconheceu a liderança de Cássio, reconheceu o tamanho político que ele tem. Em função dessa afinidade, Cássio pode sim vir acontecer a comandar algo em relação ao partido de Bolsonaro na Paraíba”, destacou.

 

Redação

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: João endurece o pescoço e chama oposição de meia dúzia de malandros

Ao participar de eventos inerentes à sua administração, no Brejo da Paraíba, nesta sexta-feira (13/12) o governador João Azevedo deu o tom em que pretende “dialogar” com as oposições, quando…

Opinião: em baixa, Cartaxo acende vela para Ricardo e João numa tentativa de continuar “vivo” na política

A história é cíclica ou retilínea? Isto é: ela está imersa na concepção que o ser humano pode agir de forma afetiva para “reproduzir” ações do passado, ou tudo foge…