Cássio: "A opção de Marina fortalece as oposições. Isso deve ser celebrado"

Presidente em exercício do PSDB nacional, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), reagiu assim à decisão de Marina Silva de filiar-se ao PSB do governador pernambucano Eduardo Campos: “Nós estamos celebrando a decisão de Marina de participar do processo eleitoral. É um fortalecimento das oposições. Garante uma eleição mais democrática, com debate mais amplo e qualificado.”

Cássio responde interinamente pela presidência do PSDB porque o titular, o presidenciável tucano Aécio Neves, se encontra em Nova York. Fará uma palestra para empresários na segunda-feira. Antes de conversar com o blog, Cássio trocara um telefonema com Aécio.

O repórter perguntou a Cássio como o PSDB recebeu a decisão de Marina de compor a futura chapa presidencial de Eduardo Campos na condição de vice. E ele: “Como isso não foi anunciado ainda, vamos aguardar o detalhamento. Mas não temos dúvida quanto a um fato: o movimento de Marina é alvissareiro.”

O senador acrescentou: “Em política, só há dois campos: ou você é oposição ou é governo. A opção de Marina fortalece as oposições. E isso deve ser celebrado.” O PSDB planeja soltar uma nota oficial sobre o tema ainda neste sábado (4).

Em entrevista coletiva concedida na sexta (4), Marina dissera que pesaria na sua decisão “a disposição dos que estão preocupados com a ideia de que a gente tem que quebrar a polarização oposição por oposição, situação por situação.” Embora não tenha citado PT e PSDB, ela se referia à polarização que leva essas duas legendas a decidirem as disputas presidenciais em ritmo de Fla-Flu desde 1994.

 

Blog do Josias/Folha

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PSB Nacional ameaça reivindicar na justiça mandato de João após desfiliação

A saída do governador da Paraíba, João Azevedo, do PSB, vai ser debatida na Justiça. O presidente nacional do partido, Carlos Siqueira disse, em entrevista nesta quinta-feira (05), ao portal…

Após ser cogitado em pesquisa, Cícero pode reavaliar candidatura à PMJP

O ex-senador Cícero Lucena, do PSDB, que até esses dias dizia que tinha saído da vida pública e não mais concorreria a nenhum cargo eletivo, viu o seu nome ser…