As insinuações dos setores da oposição sobre um possível racha entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) para 2014 só devem ter um fim mesmo após 2014, enquanto isso os boatos sobre um estremecimento na relação da dupla segue dominando a pauta política na Paraíba.

Voltando mais uma vez a se posicionar sobre essa conjectura, o senador Cássio Cunha Lima, principal líder tucano no Estado disse que vê com naturalidade já que considera tais movimentos como parte da essência política.

“Isso na política é natural e quando se fala em política, tenta-se unir as forças no seu campo, somando os aliados e dividindo os adversários e isso é a estratégia da oposição, tentam somar os aliados e dividir seus adversários”, asseverou.

Para Cássio, todos esses movimentos pregados pela oposição são legítimos e compreensíveis.
“Todos que fazemos a política da Paraíba temos maturidade, compreensão, trajetória e experiência para não se deixar levar por esse tipo de jogo”, retrucou o tucano, que vem reafirmando a aliança com o PSB para 2014.

O sentimento de Cássio também é compartilhado pelo ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio, que também é esposo da prefeita Denise e ocupa uma secretária no Governo Ricardo Coutinho. Ele afirma que quem estimula o racha entre Cássio e Ricardo é a oposição por não ter perspectiva de voltar ao poder.
“Ricardo, ao lado de Cássio, precisa de mais quatro anos para dar seguimento às ações administrativas”, destacou.

Seguimento esse mesmo pensamento, a secretária de Comunicação do Estado, Estela Bezerra (PSB) também condenou a tentativa da oposição em pregar o racha entre o PSDB e o PSB como alternativa para voltar ao poder.

 

 

Henrique Lima/ Márcia Dias


PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado confirma convite a governador João Azevedo para ingressar no PCdoB

Um dia após o governador João Azevedo anunciar a sua desfiliação do PSB, o deputado Inácio Falcão (PCdoB), convidou o chefe do executivo estadual para se filiar no partido comunista.…

Após ser cogitado em pesquisa, Cícero pode reavaliar candidatura à PMJP

O ex-senador Cícero Lucena, do PSDB, que até esses dias dizia que tinha saído da vida pública e não mais concorreria a nenhum cargo eletivo, viu o seu nome ser…