Candidato à reeleição o senador e vice Presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB), disse que as críticas ao presidenciável Jair Bolsonaro tem que parar.

 

Em entrevista a Folha de São Paulo, Cássio Cunha Lima, considera que a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) errou ao fazer ataques ao adversário do PSL, Jair Bolsonaro, e defende uma mudança de rumo na fase final da campanha eleitoral.

“Em dado momento, a campanha do Alckmin se contrapôs ao eleitor histórico do PSDB. E isso precisa, nesta reta final, ser resgatado”, disse. À reportagem, o tucano avalia que seu partido “não pode cometer o erro de achar que tem a fidelidade absoluta” do eleitorado tucano e que precisa recuperar o apoio de eleitores antipetistas, hoje com o capitão reformado.

 

Ele disse que na campanha apesar de alguns indicadores apontarem para uma polarização entre Fernando Haddad e Jair Bolsonaro, ainda acredita que exista um espaço para o crescimento da candidatura de Geraldo Alckmin.

 

Em relação a Bolsonaro, Cunha Lima disse que as críticas precisam parar.

 

“Acho que, a esta altura, as críticas tem que [parar]. Até porque tem uma lógica de corrida. Se você está numa corrida de automóvel em terceiro lugar, para chegar ao primeiro, você, antes, tem que atravessar o segundo. Você não sai de terceiro para primeiro. Hoje você tem, faltando poucos dias para as eleições, um candidato que tem um voto muito cristalizado no primeiro turno, que é o Bolsonaro, e tem outro segmento que fala para a candidatura do Haddad. É preciso ultrapassar o Haddad. E como faço isso? Mostrando a este eleitor, que está indo para o Bolsonaro, que nós também somos anti-PT. Porque, na hora que você faz crítica ao Bolsonaro e faz crítica ao PT, você perde um pouco a hegemonia da polarização com o PT”.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CRISE NO PSB: “Temos que aguardar o último capítulo dessa novela” diz Hervázio

Na manhã desta segunda-feira (14), durante entrevista a uma emissora de rádio da Capital paraibana, o secretário da Juventude, Esporte e Lazer da Paraíba, deputado Hervázio Bezerra (PSB) disse que…

Mais um filiado ao PSL/PB ignora Julian e admite deixar legenda se Bolsonaro sair da sigla

Apesar de o deputado federal Julian Lemos, atual presidente do PSL na Paraíba, atestar que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não tem intenção de se desfiliar da legenda diante do…