Por pbagora.com.br

O juiz Aluízio Bezerra, da 64ª Zona Eleitoral, ouve nesta segunda-feira (13), a partir das 14hs, na sede do Fórum Eleitoral, mais cinco testemunhas de acusação listadas pelo Ministério Público no caso Concorde.

O caso foi registrado durante as eleições de 2006, quando em plena campanha eleitoral de 2006 cerca de R$ 200 mil foram jogados pela janela de um edifício empresarial na Avenida Epitácio Pessoa.

A denúncia do Ministério Público, que se transformou em Ação Penal 1/2008, acusa os envolvidos de práticas de crimes previstos nos artigos 288 e 299 do Código Penal, que diz respeito, respectivamente, a formação de quadrilha e compra de votos.

A audiência será realizada no Fórum Eleitoral, em João Pessoa.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…

Manoel Jr assegura a reitor doação de terreno para construção do IFPB em Pedras de Fogo

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, se reuniu, nessa sexta-feira (15), com o reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Nicácio Lopes, para debater os avanços e as…