Por pbagora.com.br

Os professores grevistas da educação de João Pessoa estão, desde a manhã desta quarta-feira (08), no Centro Administrativo da Capital aguardando o prefeito Luciano cartaxo (PT) para discutir os rumos da greve.

 

A paralisação já foi decretada ilegal pela justiça e os grevistas estão recorrendo da sentença, caso não consigam parecer positivo, terão os pontos cortados e deverão pagar multa diária de R$ 5 mil reais, após decretada a ilegalidade.

 

O prefeito avisou que não irá ao local nesta quarta e pediu novamente para que os grevistas voltem ao trabalho. Além disso, deixou clara a intenção de dialogar com a categoria, mas destacou que com a crise atual, no momento não pode melhorar o reajuste anunciado de 3%. No entanto, em agosto, poderia rever o percentual e aumentar os salários.

 

“Estamos dispostos a sentar novamente com a categoria para uma nova rodada de negociações e, diante dos dados, dos números, de uma recuperação da economia, de uma melhora no Fundeb, podemos negociar um novo reajuste. Consegui fazer isso em 2013, 2014, tenho credibilidade para dizer que poderemos fazer isso em 2015”, afirmou o prefeito.

 

Mais de 300 pessoas participam do ato no Centro Administrativo e fazendo muito barulho, estão prejudicando os serviços prestados no local.

.
Uma invasão ao gabinete do prefeito foi confirmada e representantes do grupo foram recebidos pelos secretários Adalberto Fulgêncio, da Articulação Política e por Zenedy Bezerra, do Planejamento para tentar algum consenso.

“A prefeitura radicalizou contra os trabalhadores. Esperamos que esta pressão sirva para resolvermos esta pendência. Precisamos invadir a prefeitura para sermos recebidos”, disse Tárcio Teixeira, presidente do Conselho Regional de Serviço Social da Paraíba, que está apoiando a manifestação e acrescentou.

“Esperamos que os secretários possam resolver. Se eles trouxerem alguma proposta, já será uma grande conquista. O pessoal da coordenação da greve está acompanhando e poderá tomar uma decisão”, explicou.

 

 

 

Vídeo Portal Tambaú 247

PBAgora

Notícias relacionadas

2021 terá edição do maior São João do Mundo, em CG, só que de forma virtual

O ano de 2021 terá mais uma edição do maior São João do Mundo, em Campina Grande, na Paraíba. A festa, no entanto, terá adaptações por conta da pandemia do…

2021: governo gasta 12 vezes menos com pandemia nos primeiros 100 dias

O gasto do Poder Executivo no combate à pandemia de coronavírus nos 100 primeiros dias deste ano é 12 vezes menor do que a média de 2020. Até o último…