O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo(PV), jogou nesta semana um verdadeiro balde d’água fria na pretensão de alguns aliados que pretendiam ter já no começo de 2020 seu apoio a suas pré-candidaturas a prefeito da capital. Segundo Cartaxo as definições de candidaturas à sua sucessão só deverão acontecer mesmo depois do Carnaval, entre março e abril, período em que os postulantes que estão ocupando cargos públicos precisarão se desincompatibilizar de suas funções.

“Acho que só a partir daí é que realmente os nomes despontarão, tanto do nosso lado mesmo como também por parte das oposições”, previu o prefeito, ao salientar que o debate na imprensa acaba provocando especulações, mas as definições concretas dessas coisas estão sempre vinculadas demais ao período das desincompatibilizações”, disse Cartaxo.

O prefeito também mandou um recado para os pré-candidatos do seu grupo, como por exemplo, seu secretário Diego Tavares e seu vice-prefeito Manoel Júnior,  destacando que não tem nome definido, e que esse vai ser apontado sem pressa ou preocupação, até porque, segundo ele, o momento atual ainda é de foco exclusivo na administração. “Acho que temos obtido êxito por conta justamente desse foco”, afirmou ele, ao completar que os pretendentes do seu lado têm compreendido isso e também se dedicado somente ao bom andamento da administração.

Ele frisou que os bons resultados da administração não tem se limitado somente à relação de obras deste ano que tem feito parte dos balanços feitos nos últimos dias, mas relacionado a todo período da gestão que recentemente obteve aprovação no Tribunal de Contas do Estado.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-secretário de Saúde de Cabedelo revela sua decepção com Vitor Hugo e se diz traído pelo gestor

A tarde já adormecia quando cheguei à residência de Dr. André Luiz Barbosa Bezerra de Lima, ex-secretário de Saúde de Cabedelo e pré-candidato daquela cidade portuária a prefeito pelo PDT.…

Vice-prefeito de CG defende nome do neto para disputar PMCG

A corrida sucessória já tem movimentado a política campinense. O vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP), defendeu o nome de seu neto Lucas Ribeiro, na cabeça da chapa majoritária,…