Por pbagora.com.br

Cartaxo garante apoio para sub-sede da Copa, Centro de Convenções e Folia de Rua

O vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo, se reuniu, no final da manhã de hoje (06), com o ministro do turismo, Luiz Barretto, em Brasília. Na audiência, o ministro se comprometeu a apoiar o Governo do Estado no projeto que permite que João Pessoa seja uma das sub-sedes da Copa de 2014. O projeto implica na elaboração de vários destinos turísticos paraibanos e contempla um roteiro integrado com Pernambuco e Rio Grande do Norte, alem de uma aproximação efetiva do Governo Federal com os governos da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

“O
fundamental é que com a garantia do Governo Federal a partir do compromisso do ministro do turismo, podemos, então, estabelecer um diálogo com diversos
setores da sociedade a exemplo do trade turístico, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e da Prefeitura Municipal de João Pessoa. O objetivo é garantirmos a condição de sub-sede para o nosso Estado, com a presença de uma ou duas seleções e o mais importante: atrair cada vez mais o turista que estará acompanhando a Copa no Nordeste”,
afirmou

Centro de Convenções

Outro tema abordado abordado foi o Centro de Convenções de João Pessoa que tem recursos de R$ 10,7 milhoes. “O Centro de Convenções é um equipamento fundamental para o incremento do turismo de eventos, além de ser um investimento importante no projeto da sub-sede da copa de 2014. O ministro assegurou que, a partir do dia 30 de agosto, os recursosestarão disponíveis para a autorização da ordem de serviço”, revelou Luciano.

Folia de Rua

Durante a audiência, o vice-governador conseguiu do ministro do turismo o compromisso na liberação de R$ 300 mil para o Folia de Rua, prévia carnavalesca da Capital. Cartaxo informou que o montante liberado poderá ser ainda maior e disse que se reunirá com o presidente do Folia de Rua, Clovis Júnior, para acelerar a apresentação do projeto junto ao Ministério. “Esse valor já está garantido, mas, se houver alguma emenda parlamentar, ele pode ser ainda maior”, declarou.
 

Da Redação

Notícias relacionadas

PSOL critica pressa de Hugo Motta para privatizar Empresa de Correios

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, criticou hoje a iniciativa do deputado federal Hugo Mota (Republicanos/PB) de pedir urgência para a apreciação de PL 591/2021 que propõe a privatização…

João Azevêdo diz que relação com Ministério da Saúde não é uma deferência ao Governo

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), rechaçou qualquer tese de proximidade política com o governo Bolsonaro após o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Medeiros, ressaltar a importância do…