Por pbagora.com.br

Na manhã desta sexta-feira (09), após a Polícia Federal realizar mandados de busca e apreensão em um apartamento pertencente ao vice-prefeito Manoel Júnior por um suposto envolvimento em um esquema de corrupção no Ministério da Agricultura durante o governo da presidente Dilma Rousseff, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo evitou polemizar sobre o tema.

Cartaxo declarou que não conhece a ação, mas que apesar disso precisa preservar o relacionamento institucional que tem com Manoel.

"Não tenho conhecimento sobre esse tema específico, o que eu vim tratar aqui de maneira objetiva foi essa questão que eu considero fundamental que é a Central de Compras Corporativas e também tratar a aprovação por parte do Senado da operação de crédito de US$ 100 milhões para a cidade. Nós temos uma relação institucional, claro ele é o vice-prefeito, mas é preciso separar as coisas mesmo Manoel não tendo votado no nosso candidato nas últimas eleições,  é importante preservar o respeito e a questão institucional" declarou.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Republicanos avaliza aproximação entre Cidadania e PV em João Pessoa

Integrante do Partido Republicanos (PR), o agora secretário de Estado da Articulação Política Jutay Meneses não descarta a possibilidade de aliança entre o Cidadania, do governador João Azevêdo, com o…

Opinião: derrotado na estratégia para sucessão, Cartaxo mira em 2022 para não “sumir”

Eu toco em um tema, na coluna de hoje, naquilo que já vem sendo discutido nos meios políticos há muito, em especial na cidade de João Pessoa. A postura dúbia…