Na manhã desta sexta-feira (09), após a Polícia Federal realizar mandados de busca e apreensão em um apartamento pertencente ao vice-prefeito Manoel Júnior por um suposto envolvimento em um esquema de corrupção no Ministério da Agricultura durante o governo da presidente Dilma Rousseff, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo evitou polemizar sobre o tema.

Cartaxo declarou que não conhece a ação, mas que apesar disso precisa preservar o relacionamento institucional que tem com Manoel.

"Não tenho conhecimento sobre esse tema específico, o que eu vim tratar aqui de maneira objetiva foi essa questão que eu considero fundamental que é a Central de Compras Corporativas e também tratar a aprovação por parte do Senado da operação de crédito de US$ 100 milhões para a cidade. Nós temos uma relação institucional, claro ele é o vice-prefeito, mas é preciso separar as coisas mesmo Manoel não tendo votado no nosso candidato nas últimas eleições,  é importante preservar o respeito e a questão institucional" declarou.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bruno Farias comemora decisão que inocenta Cícero Lucena

O ex senador foi inocentado, após 15 anos, do caso Confraria O vereador Bruno Farias usou a tribuna, na manhã desta quarta-feira (12), para expressar o seu contentamento com a…

Rosas quebra silêncio e demonstra mágoas do PSB: “Falta de respeito”

O ex-presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, viu com naturalidade a nova formação da executiva do partido no estado,  ocorrida após a sua saída oficial e desejou sorte ao…