A prefeitura de João Pessoa está “acéfala” por pelo menos dois. Não tem prefeito e nem vice no comando, apesar de a legislação permitir que, na ausência dos dois, o presidente da Câmara Municipal assuma o posto.

Marcos Vinícius, do PSDB, que é quem preside o parlamento mirim, na Capital, dessa vez passou despercebido.

A ausência do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e do vice Manoel Júnior (PMDB) está confirmada no portal transparência da prefeitura da Capital. Enquanto Manoel Júnior cumpre agenda em Brasília, de 20 a 21 de junho, Cartaxo está em São Paulo, também cumprindo agenda administrativa.

Mesmo diante do período curto, como são aliados do PSDB, a dupla poderia ter prestigiado um tucano com o comando da Capital, mas, nos bastidores, a informação é que essa hipótese sequer chegou a ser cogitada.

 

EM TEMPO – Apesar de o empenho apontar que o prefeito ficaria fora até amanhã, o secretário de Comunicação, Josival Pereira, informou que o prefeito Luciano Cartaxo dever retornar ainda na tarde desta quarta-feira à Capital paraibana.

 

 

 

CONFIRA O EMPENHO PARA AS DIÁRIAS DE MANOEL JÚNIOR

 

CONFIRA O EMPENHO PARA AS DIÁRIAS DE CARTAXO

 



PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero autoriza Secretaria de Saúde a antecipar salários de efetivos e contratados

Os servidores efetivos da pasta já tiveram seus vencimentos de maio quitados ontem O prefeito Romero Rodrigues autorizou à Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande a efetuar, nesta sexta-feira,…

Em artigo, Efraim aborda covid-19, crédito a empresas e o perigo da burocracia

Em artigo publicado em suas redes sociais nesta sexta-feira (29), o deputado federal Efraim Filho (DEM) fez abordagens sobre a Covid-19 e seus impactos na economia, sobretudo para empresas, que…