Por pbagora.com.br

 O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), confirmou nesta quinta-feira (17) que deixou o PT após muito pensar e amadurecer a ideia. A justificativa dada por ele foi de se desvencilhar dos escândalos que envolvem o PT em âmbito nacional e deixou claro que no PSD, ele se livra de uma camisa de força que queriam lhe impor.

 

"Não queremos deixar que nada possa prejudicar a cidade e o povo. No cenário nacional, há os escândalos que têm envolvido o Partido dos Trabalhadores. A decisão se dá porque temos a clareza que João Pessoa não pode ser prejudicada por erros de terceiros. Não podemos penalizar nossa cidade pelo que acontece em âmbito nacional", disse Cartaxo. 

Outro motivo para ingressar no PSD é a possibilidade de aumentar seu leque de aliados e partidos para estabelecer aliança em busca da sua reeleição em 2016. Com este argumento, Cartaxo confirma que o PSD deve se coligar com o PSDB em João Pessoa de forma oficial, fortalecendo assim sua postulação.

 

"Minha chegada com o aval de Gilberto Kassab e de Rômulo Gouveia, me dá mais mobilidade para agregar forças políticas e contribuir com o desenvolvimento do Estado da Paraíba. Não estamos rompendo com ninguém, mas dizendo que João Pessoa está muito acima dos interesses partidários. Queremos fechar uma grande aliança para 2016. Estou de coração tranquilo porque tomei uma decisão correta e corajosa que leva em conta o meu sonho, quando me filiei ao PT, a vontade de fazer o bem e o que é certo", resumiu o prefeito.

Outro que deve seguir o prefeito é o seu secretário de Articulação Política, Adalberto Fulgêncio, que até chorou ao declarar sua decisão: "É uma das decisões mais difíceis da minha vida".

O presidente do PSD da Paraíba, Rômulo Gouveia, declarou que Luciano Cartaxo chega como general ao partido e com aval para celebrar alianças e conduzir os entendimentos em nível municipal.

 

"Nem a direção nacional e nem a estadual terão qualquer ingerência no processo", garantiu Rômulo.

 

Redação

Notícias relacionadas

Opinião: Cícero embarca só na reeleição de João ou leva os Ribeiros e o partido?

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), já teria manifestado incondicional apoio à reeleição do governador João Azevedo (Cidadania). Pelo menos foi o que revelou, com absoluta exclusividade, o…

Progressistas vira ‘noiva cobiçada’ da situação e da oposição para as eleições de 2022

O partido Progressistas, da senadora Daniella Ribeiro e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, respectivamente, pode ser o fiel da balança nas eleições do ano que vem. A legenda tem vínculos…