Por pbagora.com.br

Já não há o mínimo de convergência entre o vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo (PT), e o presidente estadual do PT, deputado federal Luiz Couto, que ontem autorizou lançamento de manifesto em favor da candidatura do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) ao governo do Estado em 2010, além de própria indicação para disputar vaga de senador.

Em entrevista exclusiva ao PB Agora, Cartaxo classificou Luiz Couto de conduzir uma “marcha da insensatez”, transformando o PT da Paraíba num mero “satélite” do PSB e fazendo oposição ao governo do próprio partido. “O grupo de Luiz Couto lançou a candidatura de Ricardo Coutinho antes mesmo do próprio PSB ou do prefeito dizer que oficialmente que é candidato em 2010. Isso é fazer o PT de satélite do PSB”, declarou.

Do Rio de Janeiro, onde articula parceira do Botafogo do Rio com o Botafogo da Paraíba, o vice-governador minizou o manifesto. “Não vi nenhuma liderança assinando o manifesto. Isso é fruto da militância ligada a Luiz Couto”, declarou.

Ele acusou ainda o presidente do PT da Paraíba de fazer oposição ao governo do próprio partido. “Ora, toda a legenda queria estar com a oportunidade de trabalhar pela Paraíba tendo um vice-governador, menos a ala ligada a Luiz Couto. Mas eu vou continuar trabalhando”, disse.

Segundo ele, a própria direção nacional deixou claro em resolução que as discussões sobre 2010 deverão ser travadas apenas a partir do próximo ano.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: a esquerda em cacos no mundo e sua derrocada na Paraíba

A direita, ou extrema-direita vai “reinar” por um bom tempo no Brasil, e por todos os continentes, não se limitando ao país de Jorge Amado. É fato: a esquerda perdeu…

RC diz que pretende zerar impostos para setor da Cultura caso seja eleito

Durante sabatina realizada pelo programa Tambaú da Gente Manhã, nesta quinta-feira (22), o candidato à Prefeitura de João Pessoa, ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), declarou que entre outras medidas que pretende…