O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), notificou o PSL após constatar irregularidades na carreata promovida em prol do candidato Jair Bolsonaro. 

De acordo com o TRE as irregularidades foram verificadas nos transportes de passageiros, no uso de trios elétricos, o que a legislação proíbe. 

De acordo com o juiz da propaganda, Marcos Salles, vários carros de som foram utilizados durante a carreata.

O PSL foi então notificado e a Justiça Eleitoral alegou que não havia sequer autorização para realizar o evento.

“O partido alega que as pessoas se organizam, mas mesmo sendo assim, há por trás do partido um candidato”, disse o juiz da propaganda.

Leis de trânsito também foram infrigidas.

“Neste caso o que pode acontecer é a proibição de carreatas na cidade”, declarou.

PB Agora

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…

João realiza visitas técnicas e anuncia investimentos em Alhandra

O governador João Azevêdo realizou, neste sábado (19), visitas técnicas às obras de construção de uma unidade escolar e do Centro de Distribuição do Magazine Luiza, no município de Alhandra.…