Por pbagora.com.br

Os candidatos a prefeito de Campina Grande podem gastar mais do que os de João Pessoa durante a campanha das eleições 2020. Os limites de gastos foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, nesta terça-feira (1º).

Em João Pessoa, segundo o TRE/PB, os candidatos podem gastar no 1º turno: R$ 2.808.392,83 e no2º turno: R$ 1.123.357,13 mil.

Já em Campina Grande, os candidatos podem gastar no 1º turno: R$ 3.981.974,79 e no 2º turno: R$ 1.592.789,91 mil.

Conforme o TSE, o limite de gastos abrange a contratação de pessoal de forma direta ou indireta. As despesas devem descrever a identificação integral dos prestadores de serviço, dos locais de trabalho, das horas trabalhadas, da especificação das atividades executadas e da justificativa do preço contratado.

A confecção de material impresso, a propaganda e a publicidade direta ou indireta em qualquer meio de divulgação, o aluguel de locais para a promoção de atos de campanha eleitoral e despesas com transporte ou deslocamento de candidato e de pessoal a serviço das candidaturas também podem ser incluídas nos gastos.

Os limites de gastos que os candidatos aos cargos de prefeito e vereador deverão respeitar, em suas respectivas campanhas, para concorrer nas Eleições Municipais de 2020, foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
atendendo ao que determina a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997).

PB Agora

Notícias relacionadas

Opinião – Pedro Cunha Lima nega distanciamento com Romero: “Fake news”

A conversa é outra! Contudo, muitos portais e blogs de notícia da Paraíba informaram, na sexta-feira (05), uma possível querela envolvendo o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e o…