Por pbagora.com.br

Os candidatos a prefeito de Campina Grande podem gastar mais do que os de João Pessoa durante a campanha das eleições 2020. Os limites de gastos foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, nesta terça-feira (1º).

Em João Pessoa, segundo o TRE/PB, os candidatos podem gastar no 1º turno: R$ 2.808.392,83 e no2º turno: R$ 1.123.357,13 mil.

Já em Campina Grande, os candidatos podem gastar no 1º turno: R$ 3.981.974,79 e no 2º turno: R$ 1.592.789,91 mil.

Conforme o TSE, o limite de gastos abrange a contratação de pessoal de forma direta ou indireta. As despesas devem descrever a identificação integral dos prestadores de serviço, dos locais de trabalho, das horas trabalhadas, da especificação das atividades executadas e da justificativa do preço contratado.

A confecção de material impresso, a propaganda e a publicidade direta ou indireta em qualquer meio de divulgação, o aluguel de locais para a promoção de atos de campanha eleitoral e despesas com transporte ou deslocamento de candidato e de pessoal a serviço das candidaturas também podem ser incluídas nos gastos.

Os limites de gastos que os candidatos aos cargos de prefeito e vereador deverão respeitar, em suas respectivas campanhas, para concorrer nas Eleições Municipais de 2020, foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
atendendo ao que determina a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jurídico do PT vai recorrer de pedido do MPE contra candidatura de Anísio

Em razão do pedido realizado pelo promotor eleitoral, Alexandre Varandas Paiva, feito à Justiça Eleitoral, o representante jurídico da Coligação PT e PCdoB ‘Unidos por João Pessoa’, Anselmo Castilho, afirma…

Veneziano lembra Dia Nacional dos Deficientes Auditivos e destaca ampliação de medidas de acessibilidade

O Dia Nacional dos Surdos é comemorado no dia 26 de setembro e o senador licenciado Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) fez referência à data, ao lembrar que todos os…