O deputado estadual Anísio Maia (PT) voltou a defender que o seu partido precisa mesmo lançar candidatura própria nas próximas eleições e que, para isso, não deve se preocupar com pesquisas. Segundo ele, faz muito tempo que o eleitorado brasileiro acabou com o “candidato padrão”.

“Pelo que temos acompanhado nas últimas eleições, não existe mais esse negócio de o candidato ou o pré-candidato contar com certa quantidade de pontos para ser lançado numa disputa”, afirmou o deputado, ao lembrar que os últimos exemplos registrados no país e, sobretudo, em Minas Gerais, quebraram todos esses critérios de projeção.

Ele lembrou que o atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema (hoje no partido Novo), começou do zero e num partido que muita gente nem conhecia (foi eleito pelo PR), e o resultado é que disparou durante a campanha, ganhando as eleições. “Até mesmo no plano nacional… seis meses antes do pleito, não tinha quem dissesse que Bolsonaro ganharia mesmo as eleições”, afirma Anísio Maia.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero minimiza calendário eleitoral e diz que foco é no combate ao Covid-19

Apesar de o calendário eleitoral está se estreitando, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) avisou, durante entrevista essa semana, que manterá o foco no combate ao Coronavírus a…

Efraim diz que rompimento do DEM com Palácio do Planalto não foi discutido pelo partido

Essa semana, após as últimas declarações do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido, sobre o coronavírus, principalmente o polêmico pronunciamento em que ele desconsidera a gravidade do avanço do…