Por pbagora.com.br
 
 

A polêmica envolvendo o candidato a prefeito de Campina Grande pelo Patriota, Edmar Oliveira, e a direção estadual do partido, na pessoa do deputado estadual Walber Virgolino ganhou novo capítulo. Em declaração enviada à imprensa o candidato denunciou “um conluio” para desestabilizar a sua candidatura, que teria a participação de Wallber Virgolino”.

Um dos pontos da nota do candidato é que ele afirma que terá de “noticiar verdades sobre as pessoas” e que, está temendo sofrer represálias: “Diante desse jogo baixo, reconhecemos que não temos força para assegurar nossas candidaturas. E por estarmos em condição isolada, solicitando proteção à Polícia Federal, pois dado o fervor político, teremos de noticiar verdades sobre as pessoas com relativo poder no Estado, tememos por nossa integridade física. Mesmo sendo uma demanda interna do partido, estará contrariando interesses em todo o Estado e até nacional, por esse motivo tememos muito pela nossa integridade”, disse Edmar.

Noutro trecho da nota, Edmar Oliveira afirma que Wanderley Sobral, orientado pela presidência estadual, renunciou na undécima hora, de modo a inviabilizar a chapa: “Uma intervenção premeditada e criminosa do vice, em conluio com a Executiva Estadual, que unilateralmente premeditou a protelação efetiva de sua renúncia, inviabilizando o prazo para recorrer”.

Ex-vice anuncia apoio a Bruno – Wanderley Sobral que renunciou a disputa pela vaga de vice na chapa do candidato Edmar Oliveira, do Patriota, na disputa pela prefeitura de Campina Grande, reapareceu e anunciou adesão a candidatura do prefeitável Bruno Cunha Lima, do PSD.

A justificativa para a decisão, segundo ele, o jovem é o que tem melhores projetos para a cidade. “Li sobre os projetos que os candidatos à prefeitura apresentaram e o melhor é o de Bruno Cunha Lima”, disse ao justificar o apoio.

Redação

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Karla Pimentel cobra de Márcia Lucena publicação de ato para transição

A prefeita eleita do município de Conde-PB, Karla Pimentel, protocolou junto à Prefeitura Municipal, desde o dia 17/11/2020, os nomes da sua equipe de Transição para atuar em conjunto com…

“Sou contra o fechamento”, revela João Corujinha a respeito de um lockdown em JP

Mesmo com algumas dificuldades em relação à presença dos vereadores, a Câmara Municipal de João Pessoa vem atingindo em alguns casos quóruns suficientes e conseguindo votar determinados projetos é o…