A Paraíba o tempo todo  |

Câmara homenageia presidente da Cagepa

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O que seria uma sessão negativa para o advogado Edísio Souto, atual presidente da Cagepa, se transformou em glória. A Câmara Municipal de João Pessoa aprovou nesta quinta-feira (2) Voto de Aplauso pelos 30 dias de gestão de Edísio Souto à frente da presidência do órgão.

Horas antes, o vereador Fernando Milanez (PMDB) havia prometido “detonar” o presidente da Cagepa alegando falta de diálogo e realização de ações. O requerimento para concessão de Voto de Aplauso foi subscrito pelos vereadores Benilton Lucena (PT), Zezinho do Botafogo (PSB), Tavinho Santos (PTB) e Felipe Leitão (PRP). O vereador Milanez acabou não fazendo o discurso, saindo da sessão antes da votação do Voto de Aplauso.

No lugar de críticas a Edísio Souto, o vereador peemedebista cobrou explicações a respeito de suposto veto do governo Maranhão à indicação de Oswaldo Jurema, filho do ex-ministro Aberlado Jurema, para Superintendência dos Diários Associados na Paraíba. Milanez disse não acreditar que o governo pudesse interferir em assuntos interno dos Associados.

E defendeu o nome de Oswaldo. “Eu indiquei Oswaldo Jurema para esse cargo pela história e competência que ele possui, mas não acredito em vetos do governo”, declarou.


PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe