A Câmara dos Deputados deve votar, durante esta semana, Medida Provisória (890/2019), que cria o programa Médicos Pelo Brasil, em substituição ao Mais Médios. A MP perde validade no próximo dia 28. O relator da matéria no Congresso Nacional, senador Confúcio Moura (MDB-RO), acrescentou ao texto regra que permite a reincorporação dos médicos cubanos ao novo programa, por prazo de dois anos.

Outro projeto que pode avançar no Congresso, nesta semana, é o que instituiu o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Universidades Estrangeiras, o Revalida.

O projeto pretende verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências para o adequado exercício profissional no Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no Brasil.

A MP 891/2019, que permite ao governo federal antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos beneficiários do INSS deve ser encaminhada para análise em comissão mista do Congresso. É que a medida perde validade no dia 03 de dezembro.

Este ano, e por força da MP, a primeira parcela do 13º do INSS foi paga em agosto. A segunda parcela começa a ser liberada nesta segunda-feira (25).

Redação com Agência Câmara
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bancada da PB desmente fake sobre rejeitar destinar recursos para combater Covid-19

Por meio de uma nota a bancada federal da Paraíba desmentiu uma fake news sobre votação de destinação de recursos eleitorais. Segundo a informação divulgada, os deputados teriam sido contra…

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…