A Paraíba o tempo todo  |

Câmara de João Pessoa reduz em 22% remuneração de comissionados até dezembro

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Um ato da Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa reduz em 22%, a partir deste mês, a remuneração dos servidores detentores de cargos comissionados e dos que têm função gratificada na Casa de Napoleão Laureano por conta da redução de R$ 2.890.399,27 nos repasses do duodécimo deste ano, em relação a 2020.

De acordo com as informações a medida é válida até dezembro deste ano e já foi publicada no semanário da CMJP.

“É urgente a necessidade de adequação das despesas com pessoal da Câmara Municipal de Joao Pessoa, vista que, quanto mais tempo se demora a realizar esta adequação maiores serão os cortes na remuneração dos servidores”, diz trecho da decisão.

A Revisão Geral Anual dos Servidores Efetivos em 2,5% também foi aprovada já que no mês de junho, as despesas com pessoal da Câmara da Capital comprometeram 67,54% da receita deste Poder Legislativo incluindo os gastos com o subsídio dos vereadores. A projeção da Casa é que ao final de 12 meses os gastos comprometessem 72,78%.

A Câmara de João Pessoa tem 586 servidores comissionados, cuja folha, de acordo com dados do Sagres foi de R$ 2.075.137,56 no mês de junho, além destes, 99 servidores são efetivos e para que a folha deles fossem pagas a CMJP desembolsou R$ 1.114.816,15 também em junho.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe