Por pbagora.com.br

A Câmara Municipal de Bayeux antecipou a sessão com o pedido de cassação do prefeito Berg Lima para o dia 3 de janeiro de 2019, primeira quinta-feira do ano novo. A data foi decidida pelo presidente da Casa, Noquinha. Antes, essa sessão aconteceria no dia 8 de janeiro.

 

A sessão começará às 8h e terá espaço para as falas dos vereadores, da defesa, da comissão e de outros envolvidos na sessão.

 

STJ

Berg Lima continua no cargo de prefeito da cidade de Bayeux. É o que decidiu o presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha. O Tribunal de Justiça da Paraíba havia remetido o pedido do Ministério Público, solicitando a suspensão da decisão que autorizou Berg a reassumir a Prefeitura da cidade de Bayeux, para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) que indeferiu o pedido.

 

Berg Lima reassumiu o cargo no último dia 19 através de uma decisão liminar do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), após afastamento desde que foi preso, no dia 5 de julho de 2017, suspeito de receber propina.

 

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

Opinião: estaria Cícero Lucena pavimentando novos caminhos para Leo Bezerra trilhar?

O vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra, seguramente é o político que mais tem gozado de prestígio na gestão de Cícero Lucena. Esta é, pelo menos, é a impressão que…

“Está com as mãos sujas de sangue”, diz petista ao culpar Bolsonaro por mortos na pandemia

Ao fazer uma análise sobre os números alastrantes de mortes por Covid-19, no Brasil o vereador pessoense Marcos Henriques (PT), tem um culpado e esse se chama o presidente da…